uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Delegação de Santarém da DECO tem novas instalações

Edição de 27.05.2009 | Economia
A Delegação Regional de Santarém da DECO – Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores mudou de instalações na cidade, passando agora a ocupar o 1.º Dt.º, n.º 59, da Rua Pedro Santarém. A mudança implicou apenas a passagem para o apartamento do lado no mesmo piso onde a DECO já funcionava, mas significa a disponibilização de mais espaço para os funcionários e consumidores que ali se deslocam. Possui cinco salas para a funcionária administrativa, responsável da delegação e a jurista, e inclui uma sala de espera e outra para acções de formação.A inauguração formal contou com a presença do secretário-geral da DECO, Jorge Morgado. Durante a visita às instalações, Jorge Morgado realçou a importância das delegações regionais numa lógica de proximidade e apoio aos consumidores, sejam associados ou não. Sublinhou também o trabalho que a associação desempenha em parcerias com algumas câmaras municipais do distrito, na emissão de pareces sobre direitos de consumo ou na realização de acções de formação e sensibilização para consumidores, escolas e funcionários de autarquias.O presidente da Delegação Regional de Santarém, Vítor Batista, agradeceu a colaboração da câmara e da sede nacional da DECO, considerando que se fecha um ciclo e se abre outro com possibilidade de crescimento no apoio aos consumidores. No caso, isso também pode significar a contratação de mais um jurista. À delegação regional de Santarém da DECO chegaram, desde o início de 2009, 215 processos fruto de 400 atendimentos a consumidores. Segundo Susana Pestana, responsável pelo Gabinete de Novas Iniciativas da delegação, o número de processos acerca de sobre-endividamento foi de 86 casos. A maioria deles relacionada com as empresas PT/MEO, EDP e TMN, mas também as que mais explicações dão acerca dos casos em apreço.Por exemplo, em Abril, foram abertos 18 processos na DECO em Santarém, mais que nas delegações de Coimbra (15) ou Faro (12). As causas principais para o sobre-endividamento eram o desemprego (32 %), a deterioração das condições laborais (19,3 %) e a doença (18,2 %). Recorde-se que a DECO possui cerca de 16.550 associados no distrito e 380 mil em todo o país. Conta com 60 funcionários nas delegações e sede, e outros 50 que trabalham na edição de três revistas, sem esquecer o trabalho de muitos voluntários. Para assinalar o dia, a DECO realizou uma sessão de informação sobre energia e alterações Climáticas, sensibilizando alunos da Universidade da Terceira Idade de Santarém.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...