uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Diques da Chamusca requalificados e à disposição da população

Circuitos de manutenção, aparelhos de ginástica e parques de merendas são atracções
Edição de 27.05.2009 | Sociedade
A Câmara da Chamusca está disposta a assumir, em colaboração com a Administração Hidrográfica do Tejo (AHT), a manutenção dos diques que se situam no concelho. Mas para isso quer que seja elaborado um protocolo e quer que seja feita a beneficiação de outros diques que não foram incluídos no pacote que agora foi alvo de requalificação.Falando no final de uma visita às obras executadas nos diques do Arripiado, Pinheiro Grande e Chamusca, o presidente da câmara, Sérgio Carrinho (CDU), afirmou que foi feita uma requalificação de qualidade. “Não queremos deixar que os diques se voltem a deteriorar e chegar ao mau estado a que chegaram”. E acrescentou: “Estamos dispostos a sentarmo-nos à mesa com a administração da AHT, para estudarmos um protocolo de colaboração, em que a câmara faça a manutenção e relatórios anuais do estado dos diques, mas queremos contrapartidas e o empenhamento da AHT”.Sérgio Carrinho apontou ainda a necessidade de fazer uma intervenção idêntica nos diques do Cabido e da Junceira. “Embora isso tenha que ser efectuado com a colaboração da Câmara de Alpiarça, porque só 40 por cento do dique da Junceira seja no concelho da Chamusca, não podemos deixar passar esta oportunidade para chamar a atenção para a necessidade das obras”, garantiu.Presente na visita, o administrador da AHT, Manuel Lacerda, mostrou-se totalmente de acordo com as palavras de Sérgio Carrinho e comprometeu-se a marcar uma reunião em breve para tratar do protocolo e estudar o caso dos diques da Junceira e do Cabido.As obras nos diques da Senhora das Dores, na Chamusca, Ribeiro do Casal Velho, no Pinheiro Grande, e diques grande e pequeno, no Arripiado, custaram um milhão e trezentos mil euros e foram financiadas pela CCDR-LVT. A Câmara da Chamusca aproveitou para fazer alguns arranjos e proporcionar uma maior ligação da população aos diques e ao Tejo, criando alguns espaços lúdicos e desportivos para utilização de toda a população, nos diques e nas margens do rio.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...