DEZ SORRISOS PARA 2010 | 06-01-2010 16:14

O poeta popular sonha que o ensino superior chegue à Azambuja

O poeta popular sonha que o ensino superior chegue à Azambuja
Sebastião Mateus Arenque, poeta popular, escritor e mentor da cultura tradicional no concelho de Azambuja, 86 anos, vê a entrada em 2010 com bons olhos. No novo ano gostaria que houvesse um maior crescimento cultural em Azambuja e que um estabelecimento de ensino superior se instalasse no concelho e que permitisse que os jovens continuassem ligados à cultura ribatejana e às tradições.Para o poeta popular o ano de 2009 não deixa quaisquer saudades por representar um ano de crise, em que “o desemprego atingiu números nunca antes vistos na região e levou ao empobrecimento de muitas famílias”. A notícia que mais o marcou pela positiva foi a entrevista que veio na edição dos 22 anos de O MIRANTE com o jornalista António Vintém, que também foi perseguido pela PIDE e foi um revolucionário que lutou pela liberdade na altura de Salazar. “Eu também vivi esses tempos e foram muito difíceis. Hoje em dia os jovens pouco ou nada sabem desses tempos por isso gostei bastante quando um jornal como O MIRANTE relembrou o que foi viver naquela altura e as perseguições políticas e as privações que nós passámos”, diz com convicção.Por isso mesmo, neste ano que agora se inicia, Sebastião Mateus Arenque gostaria de receber a notícia de que se iria realizar um encontro de antigos revolucionários de Abril em que participasse tal como muitos jovens da região “para que este legado nunca se perca e esta memória nunca seja esquecida e passe de geração em geração”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo