uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Crescem abóboras gigantes na Castanheira do Ribatejo

Crescem abóboras gigantes na Castanheira do Ribatejo

Edição de 06.01.2010 | Primeiro Plano
Joaquim Suissas, 69 anos, (ao centro) tem a fórmula mágica para fazer crescer abóboras gigantes na sua horta, na Castanheira do Ribatejo, concelho de Vila Franca de Xira. A última tem cerca de noventa quilos e foi vendida por vinte e cinco euros a uma padaria da localidade, que vai aproveitar o vegetal gigante para fazer muitos doces. “O segredo está na terra que é boa e também nas sementes, que têm muito boa qualidade. Esta é a maior de todas, mas já tenho cerca de meia dúzia de abóboras gigantes e já me prometeram novas sementes que parece que vão dar abóboras com o dobro do tamanho destas”, explica o morador da Rua dos Combatentes. Os amigos, ambos de 65 anos, divulgaram pela vila a façanha com orgulho. “São umas abóboras valentes! Estive a experimentar levantar esta maior no outro dia, mas só consegui que levantasse um bocadinho do chão. Não consigo com ela”, diz Joaquim José Duarte (à direita), com um sorriso. António Passão diz que só viu algo assim no Vale da Pedra, no Cartaxo, mas já há muitos anos. “Na altura também fiquei admirado com o tamanho das abóboras, mas acho que estas ainda são maiores!”, exclama com surpresa. “Quando conto às pessoas, a maioria nem acredita, só depois de verem as fotografias. Acham sempre que estamos a exagerar”, explica. O tamanho das abóboras dificultou a venda a princípio, mas a curiosidade acabou por falar mais alto e os compradores surgiram. “No início ninguém queria comprar uma abóbora com noventa quilos, por ser demasiado grande, mas depois acabaram por achar piada e agora até tenho várias pessoas interessadas”, informa com vaidade. Patrícia Cunha Lopes
Crescem abóboras gigantes na Castanheira do Ribatejo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...