uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Chuva causou inundações em Azambuja

Chuva causou inundações em Azambuja

Edição de 06.01.2010 | Sociedade
As fortes chuvadas que se fizeram sentir na madrugada de terça-feira, 29 de Dezembro, provocaram inundações em várias habitações e estabelecimentos comerciais no centro da vila de Azambuja.Os Bombeiros Voluntários de Azambuja registaram dezasseis ocorrências durante a manhã, na sua maior parte na principal artéria da freguesia.Manuel Rosa diz que chegou a ter dois ou três dedos de água no chão da loja às sete e meia da manhã. “Liguei para os bombeiros mas disseram-me que só a partir dos vinte centímetros é que podiam usar a bomba, por isso passei a manhã toda a limpar isto com baldes e uma pá”, diz resignado o dono da Loja do Rossio, na Rua Cândido Abreu. “Felizmente não houve estragos, mas foi porque cheguei mesmo na hora H”, acrescenta o comerciante.Às dez da manhã os funcionários da Junta de Freguesia já se encontravam a fazer limpeza das ruas, mas para Ana Paula Malhoa, dona da croissanteria Paula, na Rua Engenheiro Moniz da Maia, a iniciativa peca por ser tardia. “Se houvesse limpeza isto não acontecia! Há dias fiz limpeza de ervas em frente à minha porta e pesei o saco do lixo e vi que tinha dois quilos e trezentos gramas”, diz com ironia.O presidente da Câmara Municipal de Azambuja, António Ramos, rejeita esta acusação e afirma que o que sucedeu foi uma situação anormal. “O volume das chuvas foi muito elevado e por isso é que causou estas inundações. O problema não foi a falta de limpeza e a prova é que a água acabou por escoar em pouco tempo”, justifica, acrescentando que houve avisos da Protecção Civil relativos ao mau tempo nesta região.Cassiano Cardoso vive na Rua Meyer Tavares e diz que a principal preocupação nesta zona é a inundação nas garagens, por estarem abaixo do nível do chão. “É a segunda ou terceira vez que acontece. A água entra pelos canos e inunda as garagens”, diz preocupado. O morador aponta ainda o facto de só existirem duas sarjetas em toda a rua. “Quando chove mais, esta rua fica logo inundada. E se entupir uma das sarjetas a água já não escoa”, acusa.O mau tempo provocou ainda o corte de várias estradas do concelho durante a manhã, nomeadamente a EN 3.1, chamada Estrada do Campo, entre a Valada e Azambuja e ainda a Estrada dos Carvalhos, a norte do concelho. A EN3 esteve também condicionada ao quilómetro 7,8.
Chuva causou inundações em Azambuja

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...