uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Fátima Laranjinha

Fátima Laranjinha

39 anos, auxiliar de acção médica, Vila Franca de Xira

“Há pessoas com reformas baixas, como o meu pai, que deviam ganhar mais. Ele tem 64 anos e não recebe mais que 300 euros. Como é que pode ir a Vila Franca de Xira e ter o carro num estacionamento pago? Ou pagar uma consulta? Somos ainda uma sociedade muito injusta. Os ricos têm prioridade”.

Edição de 13.01.2010 | Agora falo eu
Arrisca conduzir dentro da cidade?A única coisa que tenho contra Vila Franca de Xira é ver que a cidade tem muito estacionamento mas todo pago e nós não ganhamos para isso. As pessoas ganham pouco e não têm possibilidade de pagar. E depois a Polícia também não ajuda. Devia estar atenta a outras coisas e não só à multa fácil. Não é justo estacionar o carro e levar logo uma multa. Há tanta coisa para vigiar e há quem só se preocupe com os estacionamentos. Vila franca parece uma cidade para ricos. Dava um livro de terror?Não, isso também não! (risos). Até porque nunca pensei escrever um livro. Costumo ler jornais, sobretudo os jornais regionais, que são importantes para divulgar as pequenas histórias das terras onde estão inseridos. E até para que as pessoas que têm o poder de mudar alguma coisa saibam que existem problemas por resolver. Se não fossem estes jornais seria difícil tornar público aquilo que se passa. A saúde está doente?O hospital de Vila Franca de Xira devia ter muito mais gente a trabalhar do que aquela que tem. Oxalá o futuro hospital seja maior e crie emprego para mais gente. Vila Franca de Xira está a crescer, a servir cada vez mais localidades e o espaço continua pequeno. Sente os efeitos da crise?Sinto, sem dúvida, há muita dificuldade. Isto tem de dar uma volta grande. Há pessoas com reformas baixas, como o meu pai, que deviam ganhar mais. Ele tem 64 anos e não recebe mais que 300 euros. Como é que pode ir a Vila Franca de Xira e ter o carro num estacionamento pago? Ou pagar uma consulta? Somos ainda uma sociedade muito injusta. Os ricos têm prioridade.Se pudesse decidir o orçamento de estado o que colocaria no topo da lista?A saúde. Melhores condições de saúde. Temos um centro de saúde em Vila Franca de Xira que não presta e que está situado num segundo andar. Uma pessoa com um braço ou perna partida tem imensas dificuldades em lá entrar. E o pior é que se quisermos uma consulta temos de ir para lá às quatro da manhã e isso está mal. Se eu quiser uma consulta para a minha médica de família não tenho porque não tenho lá nenhum amigo , mas se tivesse teria a consulta de certeza. No hospital de Vila Franca de Xira também se trabalha muito na base da amizade e isso é errado. Acho que toda a gente tem o direito a ter saúde.
Fátima Laranjinha

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...