uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Chuva condiciona funcionamento de duas escolas em Vialonga

Chuva condiciona funcionamento de duas escolas em Vialonga

Alunos, funcionários e professores da Escola Básica da Granja regressaram a casa por precaução

A chuva intensa que se fez sentir na freguesia de Vialonga na terça-feira, 12 de Janeiro, condicionou o funcionamento de dois estabelecimentos de ensino. Na Escola Básica nº2 da Granja, alunos, funcionários e professores regressaram a casa por precaução.

Edição de 13.01.2010 | Sociedade
O vento e a chuva intensa que se abateu sobre a freguesia de Vialonga, concelho de Vila Franca de Xira, ao princípio da manhã de terça-feira, 12 de Janeiro, condicionou o funcionamento de dois estabelecimentos de ensino da freguesia.Na EB1 e Jardim-de-infância da Quinta das Índias foram registadas infiltrações que obrigaram à intervenção dos bombeiros e na EB1 nº2 da Granja, perto de 50 pessoas, incluindo alunos, funcionários e professores, foram aconselhados a ir para casa como medida de precaução.O caso mais complicado foi vivido neste último estabelecimento de ensino, situado a poucos metros da ribeira da Granja. Ao princípio da manhã o caudal da ribeira estava acima do normal e por motivos de segurança ninguém teve aulas. “Aquela zona é muito alagadiça e não seria a primeira vez que a ribeira inundaria as margens. Por isso, logo pela manhã quando os funcionários verificaram que o caudal da ribeira estava a subir muito, optámos por enviar toda a gente para casa por precaução. Mas o tempo entretanto melhorou bastante e na quarta-feira já haverá aulas novamente”, garantiu Armandina Soares, presidente do agrupamento de escolas de Vialonga. Os pais foram entretanto avisados da alteração ao funcionamento. “Foi tudo muito calmo e civilizado, não houve aparato nenhum. Se não fossem alguns pais virem aqui tomar café eu nem sabia de nada”, recorda Alberto Pinto, comerciante a O MIRANTE.A chuva também pregou uma partida na EB1/JI da Quinta das Índias, cujas obras de correcção dos problemas identificados após a inauguração já estão em curso. Tal como o nosso jornal noticou em Dezembro muitos encarregados de educação estão descontentes com os problemas registados naquela infra-estrutura inaugurada há apenas três meses. Com as chuvas desta terça-feira algumas salas voltaram a deixar entrar água e foi necessária grande ginástica entre os professores e alunos para manter as aulas a decorrer. “Fomos chamados a meio da manhã para intervir em algumas infiltrações na nova escola mas nada de muito alarmante”, explicou fonte dos bombeiros de Vialonga. Para os bombeiros o caso mais complicado sentido na freguesia foi o alagamento da estrada municipal 1255, na Granja, algo que o comando da corporação diz ser normal nesta época do ano.
Chuva condiciona funcionamento de duas escolas em Vialonga

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...