uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Suspeitos de roubo e falsificação de documentos em Vila Franca de Xira

Edição de 20.01.2010 | Sociedade
A Polícia Judiciária (PJ) deteve dois indivíduos numa quinta do concelho de Vila Franca de Xira por fortes indícios da prática de crimes de roubo, receptação, falsificação de documentos e detenção de arma proibida.Os dois suspeitos, estrangeiros e ambos com 36 anos, foram localizados e interceptados na quinta-feira, 14 de Janeiro, entre Vila Franca de Xira e Arruda dos Vinhos, quando se deslocavam numa viatura furtada há cinco anos no Algarve, com matrículas falsas.A detenção insere-se no âmbito de uma investigação mais ampla a um grupo internacional organizado que se dedica à prática de assaltos a residências em Portugal e noutros países europeus.Na residência que ambos ocupavam “foram encontradas e apreendidas quatro armas de fogo (duas espingardas e duas pistolas), munições e dezenas de algemas plásticas, (normalmente usadas para manietar as vítimas), bem como vários relógios, isqueiros valiosos, colecções de moedas portuguesas e diversas pedras preciosas, supostamente provenientes da prática de crimes contra o património”, informa a PJ em comunicado.Na posse dos detidos estavam várias fotografias de quadros a óleo provenientes de assaltos e entretanto remetidos para o estrangeiro. Foi ainda apreendida uma viatura ligeira com matrícula italiana e um furgão de matrícula moldava. Um dos detidos era alvo de um mandado de detenção para cumprimento de uma pena de seis anos e meio por crimes contra a propriedade. A PJ informa que prossegue a investigação no sentido de localizar a origem dos objectos apreendidos e a ligação dos detidos a vários crimes de roubo que têm ocorrido em diferentes zonas do país, particularmente no Algarve.Os dois suspeitos, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial, ficaram em prisão preventiva.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...