uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Manuel Alegre “não dá crédito” a críticas de Nelson Carvalho

Edição de 05.05.2010 | Sociedade
As afirmações do ex-presidente da Câmara Municipal de Abrantes, o socialista Nelson Carvalho, não preocupam Manuel Alegre, que diz “não dar crédito” às suas palavras. “Conheço esse senhor mas não falo com ele, não se dá crédito”, afirmou a O MIRANTE, recusando outros comentários sobre o assunto. Alegre falou à margem de uma sessão de poesia de Abril realizada no dia 29 de Abril no Museu do Neo-Realismo, em Vila Franca de Xira.Recorde-se que há poucas semanas Nelson Carvalho manifestou publicamente o seu apoio à candidatura de Fernando Nobre à Presidência da República e disse fazer parte de uma categoria de militantes que “não vê com bons olhos” um apoio à candidatura de Manuel Alegre. O ex-autarca afirmou que Alegre “não é solução” nem é o “melhor candidato” para representar o Partido Socialista na próxima corrida eleitoral. “Alegre nunca lutou por qualquer causa, além de ter sido deputado e mesmo assim nada de especial”, afirmou Nelson Carvalho, acrescentando que o poeta é “claramente uma referência do passado”. Outras vozes de apoio à candidatura de Fernando Nobre no distrito de Santarém são o socialista António Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, e João Lérias, da concelhia socialista do Entroncamento e membro da comissão política distrital.Durante a conversa com a audiência, na sessão de poesia, Alegre partilhou a sua vivência da revolução dos cravos e rematou uma frase irónica para os adversários políticos: “Acusam-me de muita coisa mas a verdade é que fui o único dos actuais candidatos à Presidência da República a ir à guerra do Ultramar e combater. E também me envolvi numa conspiração militar”, afirmou com um sorriso.As declarações de Nelson Carvalho motivaram a reacção de José Niza, conhecido compositor, músico, ex-deputado socialista e mandatário de Manuel Alegre no distrito de Santarém. Num artigo de opinião publicado em O MIRANTE na passada edição, o também ex-presidente da Assembleia Municipal de Santarém disse que Nelson Carvalho “suicidou-se politicamente” ao referir-se a Alegre naqueles termos.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...