uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Herculano 200 anos depois não passa por Santarém

Debate sobre identidade e património é dia 6 de Julho no arco da Rua Augusta
Edição de 23.06.2010 | Sociedade
O Arco da Rua Augusta, em Lisboa, é o cenário escolhido para o debate “Herculano - Identidade e Defesa do Património”, que assinala o início do ciclo “Alexandre Herculano 200 Anos Depois”, no próximo dia 6 de Julho, pelas 18H30, e contará com as intervenções de Elísio Summavielle (Secretário de Estado da Cultura) eAntónio Valdemar (Presidente da Academia Nacional de Belas Artes).Coordenado pelo escritor Luís Machado, esta manifestação cultural integratrês palestras, dois debates e uma mesa-redonda para destacar o pensamento eacção de Herculano. Este ciclo tem ainda a participação de António Borges Coelho, Vítor Melícias João Alves Dias, e José Manuel Mendes que nos irão revelar também os outros lados do homem e do escritor, abordando temáticas como: as novas basescientificas da historiografia, o mutualismo, a maçonaria, a literatura e acidadania. As sessões estão calendarizadas para 13 de Julho, 18H30 (Fac. de Belas Artes - Chiado), 4  de Outubro, 18h30 (Auditório do Montepio – Rua do Ouro), 12 de Outubro, 18h30 (Grémio Lusitano, Bairro Alto), 19 de Outubro, 18h30   (Centro Nacional de Cultura). A encerrar o programa (26 de Outubro, 19h30 no Café Martinho da Arcada) uma mesa-redonda com Diogo Freitas do Amaral, Eduardo Lourenço e Guilherme de Oliveira Martins, moderada por António Valdemar, José Manuel Mendes e Luís Machado.“Alexandre Herculano 200 Anos Depois”, uma evocação organizada pela Associação Portuguesa de Escritores.Todas as sessões têm entrada livre, à excepção da última, no Café Martinho da Arcada, que é sujeita a marcação prévia, devido à lotação da sala.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...