uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Empresa Filipe Faria trabalha para fazer brilhar o negócio dos clientes

Empresa Filipe Faria trabalha para fazer brilhar o negócio dos clientes

“Bom, barato e a horas” é o lema da empresa de Torres Novas que recebeu o prémio PME do IAPMEI

Filipe Faria e Celeste Lobo começaram muito novos a trabalhar arduamente e por conta própria no fabrico e montagem de reclamos luminosos, merchandising, expositores e sinalética e viram o seu esforço recompensado.

Edição de 30.06.2010 | Economia
Já alguma vez reparou no reclamo luminoso ou no poste com caixas em alumínio anunciando o hipermercado Modelo mais próximo de sua casa? E no expositor em acrílico que se encontra na montra da imobiliária? É bem provável que tenham sido concebidos, produzidos e instalados pela equipa de colaboradores da empresa “Filipe Faria Lda”, com sede e fábrica – que ocupa uma área de 6 mil m2 - na zona Industrial de Torres Novas. Com uma experiência de 28 anos no mercado, a Filipe Faria Lda, concebe, fabrica e monta reclamos luminosos, merchadinsing, expositores e sinalética. É uma das empresas portuguesas de referência nesta actividade, trabalhando com grupos económicos de grande dimensão do ramo automóvel, banca, distribuição alimentar, seguros, combustíveis, restauração, telecomunicações, imobiliário, farmacêutico. Em 2009, ganhou o prémio PME excelência, instituído pelo Instituto de Apoio a Pequenas e Médias Empresas (IAPMEI), que distingue as 370 melhores empresas do país. Para além de trabalhar em todo o território nacional, a Filipe Faria,Lda, efectua trabalhos em Espanha (via cliente SONAE), na Baía de Luanda (Angola) e Arábia Saudita.José Filipe Faria dos Santos é o rosto da empresa, a par da esposa Celeste Lobo. Natural de Torres Novas, com apenas 13 anos já trabalhava na produção de uma empresa de reclamos luminosos. Aos 49 anos de idade, gere uma empresa com 64 trabalhadores e que alcançou um volume de negócios superior a três milhões de euros em 2009. Ainda hoje é a área de que mais gosta é a da produção, confiando a gestão do seu negócio ao director financeiro da empresa, Justino Rosa. Em 1982, depois de cumprir o serviço militar, numa altura de alguma instabilidade económica, Filipe Faria compra a empresa onde era empregado, a Sirlux, no centro de Torres Novas. Tinha 22 anos de idade e uma grande vontade de vencer. “Desde criança que ouvia dizer que Torres Novas estava para os reclamos luminosos como a Marinha Grande para os vidros”, conta. De início os trabalhadores eram apenas ele e a sua namorada da altura, hoje sua mulher e sócia. Os primeiros quatro anos foram conturbados e sem retorno financeiro. Casaram em 1986 e dois anos mais tarde decidem arriscar e formar a Filipe Faria, mudando a empresa para a zona industrial de Torres Novas, em Janeiro de 1990. Devido a um grande planeamento ao nível da gestão, a empresa alcançou um grande crescimento entre 1994 e 2000. Neste momento, a Filipe Faria, já terminou a sua 3.ª fase de ampliação, prevendo-se que venha a crescer ainda mais.“Uma vontade de ferro em continuar a crescer”Polivalência, trabalho e “uma vontade de ferro em continuar a crescer” são os grandes trunfos de Filipe Faria que se dedica de corpo e alma ao negócio. “Se tiver que trabalhar 24 horas, trabalho. A empresa está, neste momento, em primeiro lugar. Posso-lhe dizer que ontem (domingo) acabei o meu dia de trabalho às dez da noite”, atesta, considerando que o sucesso desta empresa também se deve ao profissionalismo da sua equipa que se esforça por cumprir prazos e satisfazer ao máximo as exigências do cliente. “Bom, barato e a horas” é o lema que tenta aplicar todos os dias, não se negligenciado a qualidade do produto que apresenta. Por este motivo, em Julho de 2009, o grupo Filipe Faria, Lda, concluiu com sucesso a implementação do seu sistema de Gestão da Qualidade tendo sido certificada pela APCER. Este sistema encontra-se implementado no fabrico e montagem de Reclamos Luminosos, Merchandising, Expositores e Sinalética, de acordo com os requisitos da Norma NP EN ISO 9001:2008. Todos os dias saem desta vários camiões TIR carregados com material maciço, de alguma dimensão e tonelagem. O futuro da Filipe Faria, Lda, passa por tratar não só da decoração e iluminação exterior dos estabelecimentos como de toda a remodelação interior. “Queremos que o cliente, após dizer o que pretende, deixe de se preocupar porque nós tratamos de tudo”, sintetiza. O empresário anuncia ainda que pretende fundir várias empresas que foi adquirindo numa só que deve passar a ser conhecida como “Promonda, Lda” já a partir de Janeiro de 2011. “No fundo, trata-se de juntar num único bolo todo o trabalho, suor e lágrimas dos últimos 28 anos”.
Empresa Filipe Faria trabalha para fazer brilhar o negócio dos clientes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...