uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Cinema Império Couço feito pela família Henriques da Silva

Edição de 30.06.2010 | O Mirante dos Leitores
Fiquei muito contente com a notícia acerca deste cinema. Acima de tudo por ser uma notícia da minha terra. Como aparece a minha foto e o meu nome no artigo fui prontamente confrontado com um erro ao qual sou alheio. É por vós referido que o mesmo foi construído pela família Barreiras. A família Barreiras doou o terreno onde está construído o cinema e parte da igreja paroquial, mas quem construiu o cinema foi a família Henriques da Silva. O repórter tirou fotos da placa em mármore que contem essas informações e que está afixada no átrio do cinema pelo que, tinha todos os elementos.Depois de ter lido a notícia saltaram-me umas perguntas: o que propôs o técnico para que a paróquia não aceitasse a proposta? Quais são realmente as intenções da câmara para aquele espaço? Será o PRODER um programa de apoio a este tipo de obras? (acho que não). O PRODER vai até 200 mil euros. Será que chegava para a obra proposta pelo técnico? E a manutenção? A proposta do técnico deveria rondar o milhão de euros (a meu ver) muito além do orçamento da paróquia que rondava os 60 mil euros. Penso que este cinema ainda vai dar muito que falar até porque foi construído e doado à paróquia com uma carta rogatória que foi entregue ao Bispo porque o padre da época não concordava com as condições propostas pela família Henriques da Silva. Com uma pequena e séria investigação aquelas paredes têm muito que contar.Nuno Virgílio

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...