uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Envolvente do Convento de Cristo vai ser recuperada até 2012

Envolvente do Convento de Cristo vai ser recuperada até 2012

Obras serão realizadas ao abrigo de uma candidatura da Câmara de Tomar a fundos comunitários
Edição de 30.06.2010 | Sociedade
A zona envolvente do Convento de Cristo, em Tomar, vai ser recuperada, num investimento de cerca de três milhões de euros que deverá estar concluído até 2012, avançou o presidente do município, Fernando Corvêlo de Sousa (PSD). O autarca acrescentou que as obras serão realizadas ao abrigo de uma candidatura da autarquia a fundos comunitários do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).As áreas a intervencionar são a via que liga o posto de turismo ao Convento, na estrada que dá acesso ao estacionamento em frente à porta do Castelo, e os terrenos junto à fachada norte do Convento, que têm uma via por alcatroar. Segundo o autarca, vai também ser requalificada a estrada de acesso que vai da cerca do Castelo ao Convento. Serão igualmente recuperadas infraestruturas fundamentais, como esgotos, rede de água, energia eléctrica, acesos pedonais ao Convento e muros de suporte da estrada que faz a ligação àquele monumento nacional. O projecto contempla ainda a construção de espaços verdes, “um espaço para turistas e um quiosque com instalações sanitárias dignas”, numa zona a nascente do Convento – Terreiro Gualdim Pais – onde se localiza a porta de entrada.Também a zona da fachada norte do convento vai ser alvo de obras, com a construção de uma via para autocarros e com o afastamento da circulação e parqueamento de veículos da parede do Convento. “A circulação vai ficar afastada mais 15 a 20 metros do que actualmente está porque hoje podemos encostar os carros à parede do Convento e isso vai deixar de acontecer”, sublinhou Corvêlo de Sousa.Questionado sobre que destino gostaria a autarquia de dar às instalações do antigo hospital militar (paredes meias com Convento), o autarca disse que essa questão tem sido abordada com o Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR), que tutela o espaço. Todavia, defendeu que não deverá ser utilizado para fins hoteleiros devido à área disponível, preferindo que venha a acolher um centro vocacionado para estudos templários.Os dois acessos pedonais ao Convento de Cristo – a Calçada de Santiago e o acesso a partir do Largo do Pelourinho – vão também ser requalificados, adiantou o autarca. Referindo-se à Calçada de Santiago, o autarca afirmou que será mantida a traça original, “que é única”. Trata-se de uma traça em empedrado em quadrados com um xis ao centro, idêntica à que existe numa das cozinhas do Convento.
Envolvente do Convento de Cristo vai ser recuperada até 2012

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...