uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Parque subterrâneo em Santarém traz mais estacionamento tarifado à superfície

Edição de 30.06.2010 | Sociedade
O parque de estacionamento subterrâneo pago do Jardim da Liberdade, em Santarém, deve estar a funcionar dentro de um mês, segundo as previsões do presidente da câmara, Francisco Moita Flores (PSD). Quando isso acontecer os automobilistas vão conhecer uma nova realidade no que toca ao estacionamento na cidade: num raio de 500 metros em redor desse espaço o estacionamento à superfície também vai ser tarifado. As excepções são o Largo do Choupal e a zona próxima do cemitério, designadamente a rua onde está instalado o quartel da GNR. O estacionamento no Campo Infante da Câmara também continuará gratuito.A parceria público-privada entre a Câmara de Santarém e a empresa Alexandre Barbosa Borges (ABB) S.A. envolveu um negócio na ordem dos nove milhões de euros. A empresa minhota assumiu a construção do parque subterrâneo e a requalificação urbana à superfície e ficou com o monopólio do estacionamento tarifado em Santarém por 50 anos a troco de uma renda anual de 240 mil euros. As linhas do negócio ficaram definidas em Fevereiro de 2008, com os eleitos do PS a votarem contra, como sempre fizeram ao longo do processo que levou à construção do Jardim da Liberdade.A proposta inicial da ABB previa um parque subterrâneo com dois pisos e 760 lugares, que acabaram por ser reduzidos para cerca de 460 após reformulação do projecto. Uma situação que obrigou a negociações entre as duas partes. O parque vai ter um espaço destinado a carregamento da bateria de veículos eléctricos, no âmbito da adesão ao projecto de mobilidade eléctrica.Durante a abertura do Jardim da Liberdade, o vereador socialista António Carmo declarou ao nosso jornal que essa obra não pode ser dissociada da nova realidade que se avizinha para o estacionamento na cidade. “Tenho que me manifestar preocupado por aquilo que resulta do contrato e que há-de ser sentido pela população de Santarém relativamente ao estacionamento à superfície num raio de 500 metros em redor do Jardim da Liberdade”, referiu.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...