uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Projecto Eco-Bairros proporciona uma nova sede para clube de Póvoa de Santa Iria

Com esta oportunidade o Clube Académico de Desportos pode implementar novas modalidades desportivas
Edição de 30.06.2010 | Sociedade
O projecto Eco-Bairros no concelho de Vila Franca de Xira vai proporcionar uma nova sede para o Clube Académico de Desportos (CAD) de Póvoa de Santa Iria que comemorou recentemente 26 anos de existência. A informação consta do boletim informativo da Junta de Freguesia de Póvoa de Santa Iria. O boletim acrescenta que já foi garantido financiamento englobado no programa Polis XXI. Com o projecto Eco-Bairros vai ser possível ao clube iniciar novas modalidades. O CAD vai ter disponível uma área de 1600 metros quadrados para a sede mas com a possibilidade de utilizar o espaço para mais tarde construir um pavilhão desportivo. O clube foi formado em 1984, por “ausência de uma prática desportiva organizada, a Norte da Póvoa de Santa Iria, consequência da explosão demográfica que se estava a verificar”.Recorde-se que a Comissão de Coordenação de Lisboa e Vale do Tejo admite lançar novos concursos no âmbito do programa ‘Eco-Bairros’ para aproveitar os quase seis milhões de euros de verbas comunitárias não usados nas candidaturas aprovadas em Março. “Podemos voltar a abrir candidaturas nesta temática. Essa pode ser uma opção, mas ainda não foi apreciado”, disse à Lusa a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDRLVT), Teresa Almeida.O projeto ‘Eco-Bairros’ integra-se no eixo das Parcerias para a Regeneração Urbana do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e pela primeira vez visava apoiar acções integradas de promoção da sustentabilidade, através de projectos-piloto de gestão de energia, água, resíduos, transportes, mobilidade e espaço público. Em Março foram aprovadas duas candidaturas, uma de Lisboa (Bairro da Boavista) e outra de Vila Franca de Xira (numa área da freguesia da Póvoa de Santa Iria), que com uma despesa total elegível de 14 423 euros terão 6,8 milhões de apoio comunitário.Uma vez que no total estavam disponíveis 12 milhões de fundos comunitários (FEDER) para os ‘Eco-Bairros’, ficaram por usar mais de cinco milhões, mas a responsável da CCDRLVT garante que esta verba não será desperdiçada. “A ideia é replicar estes projectos-piloto noutros locais. Ainda estamos na fase de ponderar, mas julgamos que como era uma iniciativa inovadora, nunca tinha sido tratado este tema no âmbito comunitário, talvez por isso não tivesse tido tantas candidaturas que merecessem aprovação”, afirmou Teresa Almeida.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...