uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

António Rola substituído na direcção do Inatel de Santarém por quadro da instituição

Edição de 01.09.2010 | Sociedade
O presidente do conselho de administração da Fundação Inatel disse a O MIRANTE que as razões para a cessação de funções de António Rola como director da agência do Inatel em Santarém, no final de Junho passado, “foram exactamente as mesmas que determinaram substituições dos directores das agências da Fundação Inatel nos demais distritos do país”.A saída de António Rola da agência Inatel de Santarém e a nomeação para o cargo de Fernando Gaspar não foram comunicadas na altura à comunicação social, pelo que o nosso jornal questionou a direcção nacional do Inatel sobre o assunto. O presidente do conselho de administração, Vítor Ramalho, explica: “Anteriormente, enquanto instituto, as nomeações dos directores das delegações, actuais agências, recaíam regra geral em pessoas não integradas no quadro dos trabalhadores, que mudavam em função da mudança das direcções. Numa fundação com as características da actual natureza jurídica da Inatel, isso não pode nem deve suceder”. O presidente da Fundação Inatel acrescenta que, devido a essa mudança de orientação, actualmente cerca de 85 por cento dos directores das agências distritais da Inatel são trabalhadores do quadro da organização, exercendo funções em regime de comissão de serviço. É o caso do novo director da agência de Santarém, Fernando Gaspar, que já exercia funções nessa agência.O ex-árbitro António Rola manteve no entanto a ligação à Inatel, tendo, “mercê da sua experiência” sido contratado para exercer funções de formação para árbitros que participem na Taça Fundação Inatel Futebol 11. António Rola está na sede da fundação em Lisboa e desloca-se aos locais definidos para as acções de formação. António Rola, militante do PSD em Rio Maior, onde foi vereador, foi nomeado para a então delegação regional Inatel de Santarém em 2004, substituindo a socialista Fernanda Asseiceira, hoje presidente da Câmara de Alcanena. Esteve no cargo durante seis anos. Antes, Rola foi árbitro da primeira divisão nacional de futebol e chegou, depois de abandonar os relvados, a ser consultor de arbitragem do Benfica.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...