uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Constância acolhe embrião da primeira escola de carrilhão na Península Ibérica

Constância acolhe embrião da primeira escola de carrilhão na Península Ibérica

Iniciativa pertence à Fundação CICO, que inaugurou sábado a sua sede na vila

Presidente da Câmara de Constância diz que a autarquia decidiu acarinhar o projecto porque o mesmo pode ser uma mais valia para a população e para o concelho.

Edição de 01.09.2010 | Sociedade
Uma escola de ensino do carrilhão vai abrir em Setembro em Constância, naquele que será “o embrião da primeira escola de ensino oficial de carrilhão da Península Ibérica”, anunciaram os responsáveis da Fundação CICO – Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão, sedeada na vila desde sábado.A CICO pretende instalar ainda na localidade, para além da escola de música para ensino de carrilhão, órgão, piano, flauta e guitarra, o carrilhão itinerante «Lusitanus», composto por 63 sinos e actualmente em construção na cidade holandesa de Asten, com investimento orçado em 300 mil euros.A ideia dos mentores do projecto, Alberto Elias, engenheiro e presidente da CICO e as suas duas filhas, Ana e Sara, com mestrados em carrilhão agregados ao ensino, é “abrir em Portugal o acesso à aprendizagem” daquele instrumento musical, criando “a primeira escola oficial de ensino do carrilhão na Península Ibérica”, em espaço cedido pela junta de freguesia local.“No mundo existem apenas quatro escolas de carrilhão e Portugal tem condições climatéricas muito favoráveis para ficar polvilhado de carrilhões, fixos e itinerantes, com uma escola de nível secundário e com intercâmbios e mestrados, ao nível do ensino superior”, disse à Lusa Ana Elias, 35 anos.Outro projecto da Fundação CICO é a construção de um carrilhão itinerante, que permita realizar concertos móveis e exibições pelo país e pelo mundo. Composto por 63 sinos de vários tamanhos e pesos, o carrilhão «Lusitanus», está orçado em 300 mil euros e será colocado e transportado em camião para promover a sua divulgação, ficando sediado na escola de Constância.Com conclusão prevista para 2012, o «Lusitanus» vai pesar 12 toneladas e medir seis metros de comprimento por três de altura, sendo o 15º carrilhão itinerante existente a nível mundial. A ideia começou a ganhar forma após o trio apresentar a ideia ao Prémio Milénio, em 2004, um concurso de projectos inovadores promovido pelo jornal Expresso em parceria com a Sagres, e ter obtido o primeiro lugar e o prémio monetário correspondente para apoio à sua concretização, no valor de 50 mil euros.“Estamos preparados para fazer de Portugal a porta de entrada europeia para os cursos e mestrados de carrilhão e temos também já tudo negociado para assinar os protocolos necessários ao intercâmbio de alunos e professores de todo o mundo”, afirmou Alberto Elias. Máximo Ferreira, presidente da Câmara de Constância, explica que a autarquia decidiu “acarinhar” o projecto porque o mesmo “pode ser uma mais valia para a população e para o concelho”, nomeadamente na formação musical de jovens. “Os benefícios para a população e para a imagem do concelho podem ser importantes no contexto turístico e cultural de Constância, pelo que, “mediante protocolo e a título simbólico”, a autarquia decidiu ceder gratuitamente um espaço físico para sede e gestão administrativa da fundação CICO, concluiu.
Constância acolhe embrião da primeira escola de carrilhão na Península Ibérica

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...