uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Novo hospital de Vila Franca de Xira vai ficar pronto a funcionar em 2013

Novo hospital de Vila Franca de Xira vai ficar pronto a funcionar em 2013

Cinco anos após o lançamento do concurso o contrato foi finalmente assinado

O grupo responsável pela construção e gestão do futuro hospital de Vila Franca de Xira não garante que as obras se iniciam este ano mas assegura que a estrutura hospitalar estará pronta e a funcionar em 2013. Investimento global é de 480 milhões de euros.Jorge Afonso da Silva

Edição de 01.09.2010 | Sociedade
O consórcio que vai construir o novo Hospital de Vila Franca de Xira não garante que as obras do equipamento arranquem este ano, mas assegura que a nova unidade de saúde estará pronta a receber doentes em 2013. “Estamos a fazer todos os esforços para iniciar as obras o mais rapidamente possível. Há uma tramitação jurídico-administrativa a seguir e não posso assumir o compromisso de que vamos iniciar as obras este ano. Mas o hospital está seguramente pronto e a funcionar em 2013”, revelou o presidente da José de Mello Saúde, acrescentando que o grupo colocará todo o empenho na construção e gestão do futuro hospital. O valor global do contrato agora celebrado entre Estado e consórcio é de 480 milhões de euros.Salvador de Mello falava aos jornalistas no final da assinatura do contrato de parceria público-privada entre o Estado e o Consórcio – composto pelo Grupo Mello, Somague e Edifer (designado Consórcio Agrupamento Escala) – que venceu o concurso (lançado em 2005) para a construção e gestão da futura estrutura hospitalar. A cerimónia oficial decorreu na sexta-feira, 27 de Agosto, no Celeiro da Patriarcal em Vila Franca de Xira com a presença do primeiro-ministro José Sócrates e a ministra da saúde, Ana Jorge.A presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira esperava que as obras começassem mais cedo. Em entrevista concedida a O MIRANTE – publicada na edição de 1 de Julho último – Maria da Luz Rosinha disse: “preciso acreditar que as obras do novo hospital arrancam este ano”.Maria da Luz Rosinha foi a primeira na “dança dos discursos” salientando o longo e difícil caminho que foi preciso percorrer até à assinatura do contrato. A autarca considera que, apesar dos inúmeros avanços e recuos que o processo foi sofrendo ao longo dos anos, valeu a pena acreditar deixando no entanto um alerta. “O caminho ainda não chegou ao fim. É preciso que a obra comece rapidamente e que a conclusão se concretize no tempo previsto. Espero que em 2013 nos voltemos a reunir para a inauguração do novo equipamento que irá substituir o velhinho Reynaldo dos Santos, que luta com várias dificuldades para dar resposta à população”.O primeiro-ministro deixou a mesma chamada de atenção. “Sobre o futuro hospital de Vila Franca de Xira, já foi muita coisa dita. Agora falta construí-lo. Depois de um longo processo de adjudicação a partir daqui tudo se irá iniciar mais rapidamente. Quero exprimir uma palavra de confiança ao Grupo, que tenho a certeza, dará o seu melhor para que esta obra esteja ao dispor do Serviço Nacional de Saúde e das populações”, referiu José Sócrates durante o seu discurso que durou mais de meia hora.Antes da cerimónia oficial a comitiva fez uma visita ao local onde será construída a nova unidade, que ficará situada num monte a norte da cidade, denominado de Águas Férreas, a cerca de dois quilómetros da cidade, entre Vila Franca de Xira e Castanheira do Ribatejo.Os três milhões e meio de euros previstos para a construção das acessibilidades serão custeados pelos cinco municípios abrangidos pelo futuro hospital. Está projectada a colocação de uma rotunda na Estrada Nacional 10, junto à entrada do Centro Equestre da Lezíria, que fará a ligação através de um viaduto subterrâneo até bem próximo do hospital. Aí será construída uma nova rotunda, que fará a ligação directa ao hospital e de onde sairá a ligação para a futura variante de Vila Franca de Xira que ligará à A1 junto ao Bairro da Mata (perto das antigas instalações da Marinha). A ligação à Estrada 244 também está contemplada.Lançamento simbólico da primeira pedraDurante a cerimónia de assinatura do contrato para a construção e gestão do novo Hospital de Vila Franca de Xira vários intervenientes, nomeadamente o primeiro-ministro, José Sócrates, a ministra da saúde, Ana Jorge e a presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha, colocaram cimento dentro de uma pedra, que simbolicamente assinalou o lançamento da primeira pedra da obra.A rocha veio directamente do terreno onde vai ser construído o futuro hospital e será depois transportada para o local, onde fará parte dos arranjos exteriores da futura estrutura hospitalar.Os números da nova unidade de saúdeO novo Hospital de Vila Franca de Xira será construído e gerido em regime de parceria público privada, no âmbito da actual renovação e modernização da Rede Hospitalar do Serviço Nacional de Saúde. O Consórcio irá receber uma renda (que ainda não é conhecida) do Ministério da Saúde por um período não inferior a 30 anos e o Grupo Mello tomará conta da gestão clínica do hospital durante 10 anos.Irá prestar cuidados de saúde a uma população de cerca de 215 mil pessoas, abrangendo os concelhos de Vila Franca de Xira, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Benavente.O futuro equipamento irá substituir o actual e esgotado Hospital de Reynaldo dos Santos e terá novos serviços nas especialidades de Otorrino, Oftalmologia, Pneumologia e Psiquiatria. Albergará 280 camas de internamento, nove salas do bloco operatório e 33 gabinetes de consulta externa. Terá ainda uma capacidade anual de 16 mil internamentos, oito mil cirurgias, 192 mil consultas externas e 104 mil urgências.
Novo hospital de Vila Franca de Xira vai ficar pronto a funcionar em 2013

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...