uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Raçudo Serafim das Neves

Edição de 08.09.2010 | E-mails do outro mundo
A presidente da Câmara de Rio Maior, Isaura Morais, passou do dia para a noite a presidente da União Desportiva local. Os sócios do clube entregaram-lhe todo o património e não se esqueceram das dívidas. Devem ter-lhe prometido que voltarão a contactá-la quando tudo estiver pago e as instalações limpas e bem desinfectadas. Costuma ser assim nestas ocasiões. Eu próprio já tentei entregar a minha declaração de IRS e o código Multibanco para liquidação da conta ao meu presidente de Junta. Infelizmente sem sucesso. Parece que a coisa não funciona para particulares mas apenas para associações. Vou ter que formar um clube, está visto.Quando li a notícia do clube de Rio Maior lembrei-me da Sónia Sanfona. A deputada do PS que foi candidata derrotada à câmara de Alpiarça tendo recebido como recompensa o extenuante cargo de Governadora-Civil de Santarém. Contava o jornal i, numa entrevista feita durante a campanha eleitoral, que ela era tão dedicada à sua terra que andava sempre a vender rifas para ajudar o Águias de Alpiarça. Cá para mim, o que faltou à União de Rio Maior foi a presidente da Câmara não ter feito o mesmo que a Sónia Sanfona. Eu cá por mim não me importava nada de comprar rifas do clube à Isaura Morais, juro que não!Em Santarém houve bichas à antiga portuguesa à porta da empresa Águas de Santarém para pagar contas de água em atraso. Houve pessoas que passaram lá o dia todo à espera. Foi um acontecimento digno de registo. Numa terra onde o presidente da câmara anunciou há pouco tempo o lançamento de um abaixo-assinado em defesa da festa brava por considerar que é preciso preservar as tradições, é de enaltecer o facto de a Águas de Santarém terem feito o que fizeram, a começar pelo pormenor de não darem hipótese de recurso ao multibanco. Recuperou-se a bicha, luta-se pela tourada, agora só falta o presidente da câmara deixar crescer as patilhas e passar a ir para os paços de concelho a cavalo. Para além do abaixo-assinado a favor da festa brava há outro abaixo-assinado a correr em Santarém, de solidariedade para com o enfermeiro acusado de ter metido o pénis nas mãos de duas doentes. Eu disse acusado. Nada de confusões. Depois dos julgamentos, dos requerimentos e dos recursos é que saberemos se foi verdade ou se as doentes estavam a delirar e apalparam o tubo do soro a pensar que estavam a apalpar outra coisa. Eu compreendo que os amigos do acusado o queiram ver livre de suspeitas mas isso não se resolve com abaixo-assinados. Pelo menos a fazer fé nas declarações do Bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho e Pinto que vem a O MIRANTE falar dessas coisas no dia 16, quinta-feira à tarde. Diz ele que os fracos são apanhados na teia da justiça e que nunca mais de lá saem. E que os fortes se livram dela em três tempos. Esse enfermeiro é dos fortes ou fracos? Termino com uma referência ao festival de homens estátuas vivas que decorrer em Tomar dias 18 e 19. Ouvi dizer que o vereador da cultura, Luís Ferreira, vai fazer de António Lobo Antunes. Sabes alguma coisa?Um bacalhau à selecção nacional Manuel Serra d’Aire

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...