uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Moita Flores troca chefe de gabinete por mais um vereador a tempo inteiro

Câmara de Santarém bate recorde com sete autarcas em permanência
Edição de 08.09.2010 | Política
O presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores (PSD), decidiu “fazer justiça” ao vereador António Valente, o único da maioria PSD que não tinha tempo e vencimento atribuídos e decidiu promovê-lo a vereador a tempo inteiro. O sétimo neste executivo, o que é um recorde na autarquia. Como contrapartida, para não onerar mais as despesas com o pessoal político, Moita Flores prescindiu dos serviços da sua chefe de gabinete Susana Ferreira.“Ao longo destes meses de Verão temos tido o vereador Valente de noite e de dia agarrado aos incêndios e a trabalhar sem qualquer compensação financeira”, justificou Moita Flores referindo-se ao vereador que tem o pelouro da protecção civil e é piloto aviador reformado.Moita Flores entendeu que António Valente devia ser “compensado” por esse esforço e “após fazer muitas contas” decidiu dispensar a sua chefe de gabinete, que trabalhava com ele praticamente desde a primeira hora como presidente da câmara. “Assim consegue-se ter um sentido de justiça para quem está completamente dedicado e a trabalhar à borla”, afirmou o líder do executivo, sublinhando que essa alteração não traz mais custos à autarquia.A Câmara de Santarém passa agora a ter os sete autarcas do PSD a tempo inteiro: Moita Flores, Ricardo Gonçalves, Catarina Maia, João Leite, Vítor Gaspar, Luísa Féria e António Valente. No anterior mandato, o executivo também liderado por Moita Flores tinha apenas quatro autarcas com pelouros e a tempo inteiro.Os dois vereadores do PS abstiveram-se por considerarem que se trata de uma opção de gestão de quem foi escolhido para governar a autarquia. No entanto, António Carmo disse esperar que esta promoção de António Valente não leve à criação de um lugar de administrador executivo na empresa municipal STR.URBIS, que é presidida por esse vereador, à semelhança do que aconteceu noutras.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...