uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Câmara de Vila Franca de Xira pede reabertura das urgências da Póvoa ao fim-de-semana

Câmara de Vila Franca de Xira pede reabertura das urgências da Póvoa ao fim-de-semana

Município está também contra a redução de horário durante a semana

A presidente da câmara, Maria da Luz Rosinha, tomou uma posição depois de na última reunião camarária, população e oposição terem contestado a decisão.Jorge Afonso da Silva

Edição de 08.09.2010 | Sociedade
A Câmara de Vila Franca está preocupada com a assistência médica à população da Póvoa de Santa Iria e já pediu ao Ministério da Saúde para que volte atrás na decisão de manter o Serviço de Atendimento Complementar encerrado aos fins-de-semana e com horário reduzido nos dias de semana. Desde 1 de Setembro que o centro de saúde local está fechado aos fins-de-semana quando antes estava aberto entre as 9h00 e as 13h00. Durante a semana funcionava até às 22h00 e agora encerra às 20h00. O motivo apontado para as mexidas nos horários reside na falta de médicos. Com estas alterações, os doentes de Póvoa de Santa Iria, Forte da Casa e Vialonga, têm de se deslocar ao Centro de Saúde de Alverca, onde poderão ser assistidos até às 22h00 durante a semana e entre as 09h00 e as 13h00 aos sábados, domingos e feriados. Actualmente estão inscritos 58.954 utentes na unidade da Póvoa. A Câmara de Vila Franca de Xira disse a O MIRANTE que já expressou junto do Ministério da Saúde, “a sua mais séria preocupação face às medidas adoptadas, que causam imensos transtornos aos utentes, nomeadamente aos mais idosos e aos que dispõem de menores recursos financeiros”. A autarquia esclarece ainda que solicitou também “a tomada de medidas no sentido de ser efectuada uma rápida correcção à solução adoptada, permitindo dessa forma, uma melhor prestação de cuidados primários de saúde aos utentes abrangidos”.Esta é a primeira vez que a presidente da câmara, Maria da Luz Rosinha (PS), assume uma posição pública sobre o assunto. Na última reunião do executivo camarário, realizada na freguesia de Vialonga a 25 de Agosto, Maria da Luz Rosinha – perante a forte contestação da população e da oposição pelo encerramento das urgências – disse que iria tomar medidas, mas na altura não referiu quais. A falta de médicos disponíveis para manter dois serviços idênticos em funcionamento em Póvoa de Santa Iria e em Alverca é a razão apontada pela directora do Agrupamento de Centros de Saúde de Vila Franca de Xira (ACES XII), Marília Alves, para a redução do horário. Em declarações a O MIRANTE, a ministra da Saúde disse que o acesso aos serviços de saúde está a ser garantido à população na Póvoa de Santa Iria. “Aquilo que tem sido feito por todos os serviços e por todos os profissionais é garantir que a população tem acesso aos serviços de saúde. E isso está a ser garantido”, disse Ana Jorge a 27 de Agosto último, à saída do Celeiro da Patriarcal, em Vila Franca de Xira, depois da cerimónia de assinatura do protocolo para a construção do futuro hospital da cidade.
Câmara de Vila Franca de Xira pede reabertura das urgências da Póvoa ao fim-de-semana

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...