uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Festas do Sardoal com um programa alargado

A iniciativa visa celebrar a elevação do lugar de Sardoal à categoria de vila

Susana Félix, Anabela e Ana Lains são algumas das atracções do diversificado cartaz musical.

Edição de 15.09.2010 | Festas do Sardoal
Um festival hípico, uma mostra de artesanato, uma exposição de artes plásticas, gastronomia e um conjunto diversificado de espectáculos musicais e outra animação cultural e lúdica são algumas das atracções do programa das Festas do Concelho do Sardoal, um evento que a câmara municipal decidiu, este ano, prolongar por cinco dias, entre os dias 22 e 26 de Setembro. A iniciativa tem por objectivo celebrar a elevação do lugar de Sardoal à categoria de vila, por Carta Régia passada por D. João III, em 22 de Setembro de 1531.Do programa musical destacam-se as actuações de Susana Félix, Carlos Guilherme e Anabela, Ana Lains (que viveu no vizinho concelho de Constância até à idade adulta), One Vision – Tributo aos Queen, GETAS - Centro Cultural, Filarmónica União Sardoalense, rancho “Os Resineiros” de Alcaravela e um recital de piano.No dia 22 de Setembro, pelas 16h00, tem lugar no Centro Cultural Gil Vicente a inauguração da exposição contemporânea “Ser o Rei para quê?”, da autoria de Jorge Lopes, artista plástico natural de Tomar. A mostra prolonga-se até 23 de Outubro. Destaque ainda para a realização das Jornadas Europeias do Património 2010, promovidas pela TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, que decorrem durante todo o sábado, 24 de Setembro, no Centro Cultural Gil Vicente. Participam representantes das Direcções Gerais Regional e Geral da Agricultura, da Direcção Regional de Cultura, Instituto Politécnico de Tomar, Câmara Municipal de Sardoal e TAGUS. No período da manhã serão realizadas algumas comunicações, seguidas de debate. No período de tarde, será efectuada uma visita ao centro histórico da vila de Sardoal, com especial destaque para o Convento de Santa Maria da Caridade, Igrejas Matriz e da Misericórdia e retábulos quinhentistas do Mestre de Sardoal.Na Capela de Nossa Senhora do Carmo funcionará uma “Oficina de Tapete de Flores”, onde será demonstrado como se efectua a antiga tradição popular sardoalense, única no país, de enfeitar o chão das Capelas com tapetes de flores e verduras naturais, durante a Semana Santa e Páscoa. Esta iniciativa da TAGUS vem conferir às Festas do Concelho de Sardoal uma forte vertente sócio-cultural, mostrando as potencialidades que existem e que podem animar a economia, fomentar o turismo e dinamizar as iniciativas locais numa perspectiva de desenvolvimento.Outro momento marcante das festas é o Recital de Música Clássica, com a soprano Sandra Medeiros e Marco Magalhães (no cravo) que tem lugar no sábado, 25 de Setembro, pelas 17h00, no Centro Cultural Gil Vicente. Os músicos fazem parte da Orquestra Metropolitana de Lisboa e vão interpretar peças de Purcell e Vivaldi. A iniciativa tem o patrocínio da Caixa Geral de Depósitos e a entrada é livre. De acordo com uma nota da autarquia, este apoio de prestígio da instituição bancária nacional, existe desde 2002 e, antes da construção do Centro Cultural Gil Vicente, o concerto era realizado na Igreja Matriz.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...