uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Concelhia do PSD de Tomar repudia atitude de vereador socialista

Concelhia do PSD de Tomar repudia atitude de vereador socialista

Social-democratas manifestam preocupação pelos reflexos da insolência exibida por Luís Ferreira na imagem da cidade

Em causa as posições assumidas pelo vereador da Cultura em relação ao escritor Lobo Antunes, após este ter faltado a uma tertúlia na cidade.

Edição de 15.09.2010 | Política
A concelhia de Tomar do Partido Social-Democrata (PSD) manifestou publicamente “surpresa e repúdio” pela atitude do vereador Luís Ferreira (PS), que recentemente classificou como “cobardolas” e “armado ao pingarelho”o escritor António Lobo Antunes, após este ter faltado a uma tertúlia literária em Tomar.A comissão política do PSD, liderada por José Delgado, considera “chocante” o comportamento do vereador da Cultura e Turismo em relação ao escritor, “personalidade de mérito reconhecido na vida literária portuguesa. Os social-democratas expressam ainda “preocupação pelos reflexos da insolência exibida na imagem da cidade, facto que aliás é infelizmente ilustrado pela chacota e críticas surgidas em órgãos de comunicação social”.A concelhia do PSD declara no mesmo comunicado ter confiança no actual elenco camarário – gerido em coligação por PSD e PS - mas chama a atenção do seu presidente, Corvêlo de Sousa (PSD), para a condição dos autarcas que são eleitos e representantes da população “e que, por isso, devem salvaguardar o bom senso e a cortesia nas suas posições públicas”. O comunicado constitui um sinal de que a actual concelhia do PSD de Tomar não concorda com o rumo da partilha de poder entre o PSD e o PS, considerando que a mesma não está a favorecer os destinos do concelho. O acordo de partilha da gestão municipal traduziu-se pela atribuição de pelouros aos dois eleitos do PS e pela inclusão de elementos socialistas na mesa da assembleia municipal, presidida pelo social-democrata Miguel Relvas.Numa reacção a esta tomada de posição, o presidente da concelhia socialista de Tomar, Hugo Cristóvão, disse à Rádio Hertz que a mesma não passa de uma “manobra de diversão” e que “se o PSD local entender acabar com a coligação que o diga abertamente”. Refira-se que a aliança entre o PSD e o PS local foi formada numa altura em que ainda era líder da concelhia social-democrata, Luís Vicente que a 26 de Fevereiro, no âmbito das eleições internas para a concelhia, viria a perder o lugar para José Delgado.  A concelhia do PSD manda ainda alguns recados a Corvêlo de Sousa, no sentido deste redobrar a atenção em todos os capítulos do planeamento e gestão dos espaços urbanos, de modo a evitar “perturbações inúteis na vida dos cidadãos, e à resolução dos casos de ocupação indevida de espaços e equipamentos”. Segundo O MIRANTE apurou, esta ressalva passa pelo facto do vereador socialista com o pelouro do Turismo e Cultura, Luís Ferreira, querer ocupar parte do espaço destinado a acolher a sede da Festa dos Tabuleiros, na Casa Vieira Guimarães, manifestando a comissão política um “apoio incondicional ao mordomo da Festa dos Tabuleiros, considerando imperativo salvaguardar a autonomia e a independência do seu funcionamento e da sua actuação”.
Concelhia do PSD de Tomar repudia atitude de vereador socialista

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...