uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Quando a juventude se alia à tradição

Quando a juventude se alia à tradição

Edição de 15.09.2010 | Primeiro Plano
Têm a satisfação e a alegria estampadas no rosto. Miúdos e graúdos. Os aplausos dos espectadores no final da actuação são sinal de que o desempenho conquistou a audiência. Os Tradicionais Rapazes da Grade e as Raparigas da Monda tinham acabado de descer do palco depois de dançarem no XVII Festival de Folclore Infantil, que decorreu na noite de sábado, 11 de Setembro no Páteo Valverde, em Azambuja. O evento contou ainda com a presença do Rancho Infantil da Casa do Povo de Fátima, do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Pinhal Novo, do Grupo Etnográfico Infantil de Brincadeiras “Danças e Cantares” da Mugideira e do Rancho de Folclore e Etnografia “Os Ceifeiros da Bemposta”. “Hoje foi a primeira vez que dancei. Estava um pouco nervosa mas gostei e quero continuar”, diz timidamente Gabriela Macedo, oito anos, que está no grupo de Azambuja há apenas dois meses. Vasco Carvalho é ainda mais novo. Tem só cinco anos e ingressou nos Tradicionais Rapazes da Grade e Raparigas da Monda há cerca de um ano. “Não sei falar do meu traje, mas diverti-me muito”, refere com um sorriso malandro e um fato riscado com suspensórios. Os trajes representam as roupas que se usavam há cinquenta anos no dia-a-dia. O rancho infantil foi criado há mais de duas décadas e contou sempre com crianças entre os quatro e cinco anos até aos 13 e 14. “Neste momento felizmente temos 30 miúdos trajados. Praticamente todos da freguesia de Azambuja”, diz o presidente do Rancho Folclórico Ceifeiras e Campinos de Azambuja. Francisco Santos conta que o rancho infantil é o “embrião” do grupo de adultos. “São eles que amanhã vão engrossar o Rancho Ceifeiras e Campinos. Além disso é importante para não perdermos a identidade e preservarmos as nossas tradições”, salienta o dirigente associativo.Jorge Afonso da Silva
Quando a juventude se alia à tradição

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...