uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Escola da Chaínça reabriu portas

Escola da Chaínça reabriu portas

Complexo escolar na periferia de Abrantes resulta da requalificação de um edifício com 30 anos

Instalações acolhem os cerca de 200 alunos que nos últimos dois anos tiveram aulas na Escola Prática de Cavalaria.

Edição de 15.09.2010 | Sociedade
Centenas de pais, encarregados de educação e alunos e outros convidados assistiram à cerimónia que marcou o arranque do ano lectivo no novo Centro Escolar de Chaínça, inaugurado na segunda-feira pela presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque (PS). O novo complexo escolar acolhe os cerca de 200 alunos que nos últimos dois anos lectivos tiveram as suas aulas nas instalações da Escola Prática de Cavalaria (EPC), em Abrantes, e ainda os meninos da escola de Abrançalha de Baixo, que encerrou por ser frequentada por menos de 10 alunos. A cerimónia oficial decorreu na sala polivalente e, apesar do forte calor, as crianças conseguiram ficar quietas para ouvir uma mensagem de boas-vindas escrita pela própria autarca, que desejou felicidades para o novo ano escolar. Trata-se do terceiro centro escolar do concelho a ser inaugurado. “Um espaço acolhedor, uma escola que agora tem condições para ser uma escola a tempo inteiro”, reforçou a edil que considera que “a responsabilidade da educação das crianças não é exclusiva da escola mas de toda a comunidade”. Maria do Céu Albuquerque frisou ainda que a reorganização da rede escolar em Abrantes é um projecto “mais ambicioso ainda” contemplando também a construção de centros escolares nas localidades de Bemposta, Alferrarede e Rio de Moinhos. Representando um investimento de 640 mil euros, o novo complexo escolar resulta da requalificação de um edifício que foi inaugurado há 30 anos e junta no mesmo espaço 50 alunos do ensino pré-escolar e 156 do 1º ciclo do ensino básico. Engloba dois edifícios, um para o 1º ciclo do ensino básico e outro já existente, para a educação pré-escolar. Dispõe ainda de uma cozinha totalmente remodelada, refeitório, sala polivalente, centro de recursos e biblioteca e de um espaço exterior, também ele requalificado, onde serão desenvolvidas as actividades de enriquecimento curricular. O novo Centro Escolar de Chaínça tinha a sua inauguração prevista para o início do ano transacto mas a obra não ficou concluída a tempo por “dificuldades da empresa” encarregue da construção do mesmo, pelo que os estudantes da EB1 de Chaínça continuaram a estudar em instalações cedidas pela EPC, perfazendo os alunos dois anos lectivos consecutivos naquelas instalações.
Escola da Chaínça reabriu portas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...