uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Conceição Azevedo

Conceição Azevedo

70 anos, reformada, Alverca do Ribatejo

Acho que a nossa juventude está a perder muitos valores. Mas o mais preocupante é que esses mesmos valores já não são transmitidos em muitos lares. Isso é que é grave. Os pais, ou porque não conseguem, ou porque já não se importam, deixam os filhos andar à deriva. É triste que assim seja. Sem jovens capazes e com princípios estamos a hipotecar o futuro

Edição de 22.09.2010 | Agora falo eu
A sociedade atravessa uma crise de valores?Sem dúvida. Mas tem sido essa mesma sociedade e este sistema capitalista que, em conjunto, têm induzido as pessoas a avançar para situações de egoísmo e do salve-se quem puder. Atravessamos uma crise bastante acentuada de valores. Importa realmente repensarmos toda esta situação. Aqueles mais conscientes devem trabalhar no sentido de uma inversão. A caminharmos a crise será sempre para os mesmos. As diferenças entre ricos e pobres acentuar-se-ão cada vez mais. Depois há muito egoísmo e inveja.O que faz falta em Alverca do Ribatejo?Meios e formas de diversão durante o dia. Faltam locais onde as pessoas possam beber café ou ler o jornal sem grandes confusões. Não há muitos em Alverca. Depois os acessos que não existem. Faz-se tudo mas não se pensa nos acessos. É esse o grande caos de Alverca. A Estrada Nacional 10 está mais que saturada e o projecto para a variante ainda não saiu do papel.Acredita que a petição agora lançada vai mudar alguma coisa?Claro que não. A câmara é PS. A junta é PS. O governo é PS. São todos do mesmo partido. Acha que se fosse para as coisas serem resolvidas estava a fazer-se uma petição para se construir uma via estruturante para o concelho? Tudo isso não passa de mera política para enganar o Zé-povinho. Todos sabemos que não há dinheiro. Era preferível assumir isso e dizer que a variante só poderá ser construída daqui a cinco, dez anos, em vez de enganar o povo desta forma. Não é com papéis que se resolvem os problemas mas sim com acções.Paulo Bento é o treinador certo para a selecção nacional?Primeiro foi uma vergonha o que fizeram ao Carlos Queirós. Se ele infringiu as regras devia ser punido na hora e não depois do mundial. Foi moralmente condenável. Quanto ao Paulo Bento vamos ver. Espero que faça um bom trabalho e que nos consiga levar até ao Europeu. Mas não vai ser fácil com tantos egos dentro da nossa selecção.O que pensa dos jovens de hoje?Há de tudo. Bons e maus. Mas as coisas mudaram muito nas últimas décadas. Acho que a nossa juventude está a perder muitos valores. Mas o mais preocupante é que esses mesmos valores já não são transmitidos em muitos lares. Isso é que é grave. Os pais, ou porque não conseguem, ou porque já não se importam, deixam os filhos andar à deriva. É triste que assim seja. Sem jovens capazes e com princípios estamos a hipotecar o futuro. Qual é o seu prato preferido?Devido às minhas limitações em termos de saúde, não me posso dar ao luxo de abusar. Mas gosto de um bom cozido à portuguesa. Mas tenho de me controlar. A saúde deve estar sempre em primeiro. Sem ela não somos ninguém.
Conceição Azevedo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...