uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

António Basílio

57 anos, operário, Tomar

“O turismo é importante mas há coisas que têm que mudar. Temos muito património mas o turista que vem a Tomar não tem, por exemplo, casas de banho condignas para utilizar”

Edição de 29.09.2010 | Agora falo eu
Acabou de assistir a um debate sobre o estado do concelho. Gostou do que ouviu?Falou-se de muita coisa mas não ouvi aqui dizer o que é que o poder local pretende fazer para voltar a criar emprego no concelho de Tomar. Para além da perspectiva da IFM Platex voltar a laborar com 105 trabalhadores, quais são as indústrias que estão a funcionar em Tomar? Zero. Devia existir uma política de emprego. Os turistas são bem tratados em Tomar?O turismo é importante mas há coisas que têm que mudar. Temos muito património mas o turista que vem a Tomar não tem, por exemplo, casas de banho condignas para utilizar. E depois, hoje corro a cidade e só vejo buracos. Claro que onde há obras há buracos mas têm que ser encontradas alternativas para que o turista não saia com uma imagem negativa da cidade.Acompanhou a polémica instalada ao redor do escritor Lobo Antunes?Acompanhei pelos jornais. Foi triste e merecíamos mais explicações da parte do vereador da Cultura, que se esquivou a comentar uma situação que ele próprio criou. Mas há mais. Como cidadão e tomarense há 57 anos, aquilo que encontrei nos bombeiros desde que este vereador assumiu o pelouro da Protecção Civil é inadmissível. Concordo que haja disciplina mas também não concordo com o exagero que esta atingiu desmotivando, inclusive, os próprios bombeiros que são quem nos socorre no dia-a-dia. Está desempregado há 15 meses. Como é que tem ocupado o seu tempo?Tenho visitado com mais calma e dado maior atenção alguns locais da cidade. Nem tudo está mal. Por exemplo, o Festival de Estátuas foi uma boa iniciativa. Trouxe muita gente à cidade e projectou Tomar a nível nacional.Concorda que fechem as escolas com menos de 20 alunos?É uma questão discutível. Por um lado, não concordo que fechem as escolas porque todos os pais querem ter os filhos a estudar ao pé deles mas, por outro, sinto que os novos centros escolares oferecem melhores condições de estudo para as crianças. Já alguma vez deu sangue?Já dei sangue 44 vezes. Sou dador de sangue desde os 18 anos e pertenço à Associação de Dadores Benévolos de Sangue do Hospital de Tomar. Qual era a melhor coisa que lhe podia acontecer amanhã?Voltar a trabalhar. A IFM Platex faz falta ao distrito, não só por causa dos 105 trabalhadores mas também por causa dos postos de trabalho indirectos que o seu reinício de produção vai provocar.Se pudesse convidar um político para jantar quem era e porquê?Políticos?!! Não convidava nenhum porque não acredito neles. Preferia convidar um grupo de amigos, não só para convivermos como também para falarmos sobre o actual estado do concelho.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...