uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Governadora civil boa de bola

Governadora civil boa de bola

Sónia Sanfona treinou com equipa feminina de futebol do Clube Atlético Ouriense

O ano passado a equipa de Ourém não ganhou qualquer jogo oficial, mas este ano reforçou-se para melhorar os resultados. A governadora civil foi dar-lhes apoio.

Edição de 29.09.2010 | Desporto
A governadora civil de Santarém, Sónia Sanfona, mostrou sexta-feira, 24 de Setembro, que também sabe dar uns toques na bola. Convidada para madrinha da equipa feminina de futebol de 11 do Clube Atlético Ouriense, em Ourém, a governadora participou num treino com as jogadoras. Vestida a rigor e durante cerca de meia hora lembrou os tempos de atleta em Alpiarça, confessou-se benfiquista orgulhosa e diz que vibra com os jogos de futebol dos filhos. Não chama nomes aos árbitros mas refere que, após um jogo, sai do campo de alma lavada. O treino já tinha começado quando Sónia Sanfona apareceu no Campo da Caridade, em Ourém. Para as cerca de 20 atletas que compõem o plantel, o nome da governadora era desconhecido, assim como a finalidade da visita. A autarca correu, escorregou, deu alguns toques na bola e procurou estar à altura da energia das afilhadas. Sem faltas nem entradas duras, até porque o tempo de treino não chegou para grandes exibições, Sónia Sanfona partilhou ainda o grito de vitória das jogadoras.A equipa feminina do Clube Atlético Ouriense não ganhou nenhum jogo oficial na época passada, mas as atletas mostraram-se satisfeitas com o apoio da governadora. “Para mim é indiferente que elas ganhem ou não”, referiu, salientando o espírito do grupo. “Faço votos para que a partir de agora comecem a ganhar”. “Como gosto muito de exercício físico e toda a vida convivi com o futebol, um desporto de que gosto muito, não podia recusar” o convite para madrinha.Sónia Sanfona declarou que “todo o apoio, todas as medidas” que se tomem nos clubes para fomentar a actividade desportiva “são importantes”. “É uma actividade que nos dá todo um conjunto de princípios”, como a camaradagem, ou benefícios a nível da saúde. “Num desporto de equipa todos esses valores vêm ao de cima”. “Os clubes desportivos a nível regional vivem dificuldades”, devendo-se felicitar aqueles que prestam um serviço público, como o Clube Atlético Ouriense. “A governadora vem ser madrinha de uma equipa feminina e esta é uma aposta ganha à partida”, disse.Apesar dos fracos resultados, o presidente do Clube Atlético Ouriense, João Sousa, salientou a equipa como a “jóia da coroa”. Para que esta se torne mais competitiva, o clube foi buscar esta época o seleccionador distrital e mais quatro novas jogadoras, sendo que duas delas já passaram pela selecção nacional de sub-19. A equipa feminina do Atlético Ouriense e a do União de Tomar são as únicas no distrito em futebol de 11 feminino. “Sendo a governadora a entidade máxima do distrito, pareceu-me óbvio convidá-la para madrinha”, esclareceu João Sousa. A equipa de futebol feminina do Clube Atlético Ouriense, que existe há três anos, não ganhou nenhum jogo durante a época passada, em que competiu no Campeonato Nacional de Promoção e jogou com equipas de todo o país, como o União de Tomar, o Belenenses da Marinha Grande ou o Frielas. Em épocas anteriores alcançou algumas vitórias, em jogos no campeonato distrital e na Taça de Portugal. Esta época vai participar no Campeonato Nacional de Promoção, onde compete também a equipa feminina do União de Tomar. Vai ainda concorrer à Taça de Portugal.
Governadora civil boa de bola

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...