uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Produtores do Cartaxo levam casta touriga nacional para a China

Edição de 29.09.2010 | Economia
Cerca de 40 hectares da casta touriga nacional vão ser plantados na China em 2011, na primeira parceria do género entre produtores do Cartaxo e de Penglai, considerada a capital chinesa do vinho. “É um projecto envolvendo entidades públicas e privadas, que pode abrir a porta à cooperação noutras áreas”, realçou o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Paulo Caldas (PS).Cartaxo e Penglai, um município da província de Shandong, na costa norte da China, assinaram recentemente um acordo de geminação. “Há uma grande identidade entre os dois municípios, assente no vinho, no turismo e na ruralidade”, afirmou Paulo Caldas. Para o autarca português, a parceria formalmente consagrada em Penglai deverá ser “alargada a outros países”, nomeadamente Brasil, Angola e Moçambique. “Há um grande potencial de cooperação”, disse.A produção vinícola de Penglai, 70 por cento da qual tinto, é feita à base das castas Cabernet-Sauvignon, Merlot e Cardonnay, indicou o presidente da câmara de Cartaxo. “Queremos marcar aqui uma posição, que torne mais conhecida neste grande mercado a casta de vinho portuguesa”, disse Paulo Caldas, referindo que o projecto para plantar a touriga nacional em Penglai “é para concretizar em 2011”.Também no próximo ano, em Abril, os autarcas de Penglai deverão viajar até ao Cartaxo, para participarem na Festa do Vinho do concelho. Cartaxo é a sede da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho e detém actualmente a presidência da Rede Europeia das Cidades do Vinho.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...