uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Câmara do Entroncamento lança Portal de Educação na Internet

Câmara do Entroncamento lança Portal de Educação na Internet

Ligar todas as escolas públicas em rede para melhorar gestão e sistema de ensino

Numa primeira fase o projecto irá abranger uma escola e um jardim-de-infância. A primeira consequência vai ser o desaparecimento das senhas para as refeições e das filas para as comprar. Isso será feito pela Internet ou multibanco.

Edição de 29.09.2010 | Sociedade
O trabalho de construção do Portal da Educação do concelho do Entroncamento começou este mês e deverá ser posto a funcionar, simbolicamente, no dia 24 de Novembro, quando se assinala o aniversário do concelho. O objectivo é ligar todas as escolas públicas em rede, desde os jardins-de-infância à Escola Secundária, melhorando a gestão da educação a todos os níveis. Todo o sistema tecnológico deverá ficar implementado até ao final do ano lectivo. No decorrer de uma conferência de imprensa, segunda-feira à tarde, a vereadora Paula Costa (PSD) responsável pelo pelouro da educação explicou que a decisão de criar o portal foi tomada para facilitar a vida de toda a comunidade escolar. “Somos um concelho com uma população estudantil muito grande. Queremos melhorar a qualidade do ensino e o bem-estar dos nossos alunos, professores, encarregados de educação. De toda a comunidade escolar. Este Portal vai permitir uma gestão mais fácil e mais ágil com benefícios para todos”, afirmou.Segundo a informação distribuída aos jornalistas, a implementação do projecto, assegurada pela parceria PT/CIL terá o seu início em duas escolas piloto. “na Escola EB1 nº 2, o Sistema de Gestão de Refeições; no Jardim-de-Infância Norte, o Sistema de Gestão de Pedidos de Intervenção. Gradualmente e até final do ano lectivo, o projecto verá as suas valências aumentar e será estendido aos restantes estabelecimentos de ensino”.Com o sistema de gestão de refeições vão desaparecer as tradicionais senhas de refeição e as filas para a sua aquisição. A compra poderá ser feita através da Internet ou por Multibanco. O sistema de gestão de pedidos de intervenção facilitará a comunicação das escolas com os serviços que tenham a seu cargo a manutenção, facilitando e simplificando processos.Uma outra aplicação, o Sistema de Indicadores de Educação, integrará “um vasto leque de indicadores e relatórios que permitem a avaliação e optimização contínuas das políticas e estratégia educativa”.Na conferência de imprensa foram também dadas informações pelo Engº José Veiga da CIL – Centro de Informática, SA e pelo Chefe de Divisão de Inovação e Modernização Administrativa, dr. Emanuel Fernandes. O acesso a determinadas zonas do portal é feito através de um nome de utilizador e uma palavra passe que serão distribuídas a professores e encarregados de educação. A implementação do sistema implica também a realização de acções de formação, nomeadamente para os produtores de conteúdos. “O município teve cuidado especial em assegurar a formação para que os utilizadores tirem o melhor partido da plataforma. A pouco e pouco iremos avançando para lógicas mais complexas. Não se trata apenas de disponibilizar tecnologias”, esclareceu José Veiga.O professor Luís Filipe Antunes, responsável pelo agrupamento de escolas Alpha, fez uma curta declaração para dizer que existe total disponibilidade para colaborar com o município na implementação do portal. “Vamos cooperar com a câmara para que o processo tenha êxito. Trata-se de modernizar. De desburocratizar. Achamos que tem imensas potencialidades”.
Câmara do Entroncamento lança Portal de Educação na Internet

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...