uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Sete reservatórios de água e uma estação estão a ser reabilitados em Benavente

Edição de 29.09.2010 | Sociedade
As obras de reabilitação de sete reservatórios de água e de uma estação elevatória da empresa Águas do Ribatejo, no concelho de Benavente, deverão estar concluídas até final do ano. A intervenção, realizada pela construtora Oliveiras SA, terá um custo de 431 mil euros.A empreitada está integrada numa obra de grande dimensão e com um custo de cerca de cinco milhões de euros, que inclui a construção de um novo reservatório e um conjunto de infra-estruturas no subsistema de abastecimento de água de Benavente/Vale Tripeiro/Samora Correia. Esta intervenção deverá ficar concluída no primeiro trimestre de 2011.Na freguesia de Benavente estão a ser reabilitados os reservatórios de Lavadouros, Piscinas , Vale Tripeiro e Areias. Na freguesia de Samora Correia a intervenção decorre na Murteira, Estaleiro Municipal e Porto Alto. A Estação Hidropressora da Coutada Velha, em Benavente, está também em reabilitação. As intervenções incluem um diagnóstico das patologias de cada equipamento, substituição de circuitos hidráulicos, reabilitação e impermeabilização das cubas, substituição das serralharias e das redes eléctricas, recuperação e pintura interior e exterior dos equipamentos, informa a empresa.A obra é “delicada e exigente no ponto de vista financeiro”, explica a Águas do Ribatejo. A intervenção acarreta alguns riscos e obrigou a empresa a equacionar alternativas de abastecimento às populações servidas pelos reservatórios em reabilitação.A intervenção promete melhorar a qualidade no abastecimento de água a médio e longo prazo, tendo em conta o crescimento previsto para a área territorial do concelho de Benavente. Em curso está também uma candidatura apresentada pela Águas do Ribatejo para a obtenção de financiamento comunitário para a obra de substituição das condutas nas zonas mais antigas de Benavente e Samora Correia, eliminando dessa maneira as deficiências e debilidades da rede.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...