uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Maria Judite Ribeiro

Maria Judite Ribeiro

59 anos, reformada, Alverca do Ribatejo

“Não faço compras supérfluas e por isso não tive que cortar em nada por causa da crise. Sou incapaz de comprar algo que não preciso para nada só porque tenho dinheiro. Só gasto naquilo que é estritamente necessário”.

Edição de 07.12.2010 | Agora falo eu
Já comprou os presentes de Natal?No Natal compro sempre lembranças. As prendas são para os aniversários. Devíamos olhar para o Natal não tanto pelas prendas, mas mais pela celebração do nascimento de Jesus Cristo. Sou católica praticante e atribuo muita importância ao presépio e ao pinheiro que ainda vou montar.Qual é o doce de Natal de que mais gosta?Gosto de todos os fritos do Natal, mas sou verdadeiramente perdida pelas filhoses que a minha mãe preparava tão bem. Neste momento já passei a preparação dos doces para as minhas filhas. Tem cuidado com o consumo de óleos e gorduras?Na cozinha utilizo muito mais o azeite do que o óleo para preparar as refeições. Tento comer mais cozidos e grelhados até por causa da minha saúde. Mas de vez em quando também sabe bem abusar um bocadinho dos fritos. Costuma ir às lojas de comércio local?Só se for para compras mais pequenas. Tenho muita pena de não me poder aviar nestas casas, mas os produtos são muito mais caros e acabo sempre por ir aos hipermercados.Em época de crise cortou em alguma coisa?Não faço compras supérfluas e por isso não tive que cortar em nada por causa da crise. Sou incapaz de comprar algo que não preciso para nada só porque tenho dinheiro. Só gasto naquilo que é estritamente necessário. Quais são as qualidade que aprecia mais numa pessoa?Gosto da pontualidade, da sinceridade e humanidade. O que está por fora não me atrai numa pessoa. Pode até ser uma pessoa muito bem arranjada e cheia de dinheiro, mas se não tiver um bom interior não me interessa. Tem algum vício?Todos os dias tenho de sair de casa para tomar um café. Mesmo que tome em casa, não fico bem. Àquela hora da manhã saio sempre o que acaba por ser um pretexto para estar com as minhas amigas.O que acha da juventude de hoje?Há muita falta de educação em relação às pessoas mais velhas. Os jovens têm tudo e ao mesmo tempo não têm nada. Há pouco tempo uma amiga que já tem alguma idade ia num autocarro e quase caiu porque o jovem que ia sentado não cedeu o lugar e ainda deu um empurrão. A educação vem de casa. É desde pequenino que se torce o pepino.Como vê a cidade de Alverca?Já moro aqui há 38 anos. Evoluiu bastante e até me custa apontar alguma coisa. Sou muito positiva. Um dos maiores problemas de Alverca é o estacionamento, mas sempre foi. Como criei o hábito de ver isto assim tornou-se para mim normal. E se tivesse de escolher outro local para viver?Gosto muito de Chaves e Valpaços, mas não no Inverno porque não se aguenta o frio. Que país gostava de visitar?Já estive em Londres porque tenho lá uma filha a morar. Quero regressar a Inglaterra, especialmente quando a minha filha me der um netinho.
Maria Judite Ribeiro

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...