uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
A oliveira mais antiga do distrito de Santarém tem mil anos

A oliveira mais antiga do distrito de Santarém tem mil anos

Edição de 07.12.2010 | O Cartoon da Notícia
A árvore mais antiga do distrito de Santarém nasceu ainda Portugal não era Portugal, em Casais de S. Braz, Romeira, Santarém. Tem mil anos, mais coisa, menos coisa, que em matéria de registo de árvores com tão provectas idades não há registos de nascimento. A oliveira milenar apresenta, segundo o site da Autoridade Florestal Nacional, “multitronco subdividido em três, com inserção ao nível do colo e sistema radicular comum. Os troncos são vigorosos e estão completamente retorcidos e são de grande efeito plástico, com inúmeras cavidades, que ramificam fazendo copa comum, ampla, densa e muito frondosa”.Muitas outras oliveiras não viveram tanto tempo porque havia casas a construir, caminhos a desbravar ou fundos comunitários a incentivar o seu arranque. As azeitonas da oliveira dos Casais de S. Braz foram comidas, em tempos remotos pelos mouros antes de serem comidas por cristãos e deram azeite para diferentes gastronomias e lamparinas. Talvez o próprio D. Afonso Henriques ou algum dos seus guerreiros tenha dormido uma sesta à sua sombra à espera do anoitecer antes do ataque para a conquista de Santarém.Aos escalabitanos mais bairristas aconselhamos alguma moderação. Apesar de ter mil anos a oliveira não é a mais velha de Portugal. Essa é algarvia e tem dois mil anos.
A oliveira mais antiga do distrito de Santarém tem mil anos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...