uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Câmara de Ourém envia vestuário e material escolar para município de Cabo Verde

Edição de 07.12.2010 | Sociedade
A Câmara Municipal de Ourém enviou esta terça-feira vestuário e material escolar para o município cabo-verdiano de São Filipe, disse o vice-presidente da autarquia, adiantando que os artigos vão ser distribuídos pela população carenciada.Segundo José Manuel Alho (PS), “o gesto de solidariedade insere-se no âmbito da geminação do município de Ourém com o de São Filipe, onde há muitas carências”, e teve “um empurrão significativo da Conferência de São Vicente de Paulo local”, que “recebeu uma grande quantidade de roupa” de um estabelecimento comercial. “Os serviços sociais da câmara, com o apoio da comunicação social, desenvolveram uma campanha em Setembro com o objectivo de juntar ao vestuário material escolar”, acrescentou o autarca.De acordo com José Manuel Alho, a campanha, denominada “Um olhar por São Filipe”, teve “grande adesão, quer de pessoas a título individual, como de escolas e juntas de freguesia”, às quais se associou ainda um empresário que se disponibilizou a pagar o contentor com a ajuda para a ilha do Fogo. “Houve a congregação de uma série de boas vontades que vão permitir a crianças e adultos do município cabo-verdiano ter um Natal mais aconchegado”, observou.O carregamento do material, que inclui 1727 artigos escolares e 4808 peças de vestuário, decorreu terça feira, na escola do 1.º ciclo de Louçãs, prevendo a câmara municipal que o contentor chegue a Cabo Verde no próximo dia 17. José Manuel Alho adiantou que São Filipe é o município que “terá mais dificuldades” de entre aqueles com que Ourém estabeleceu protocolos de geminação.Desde que o acordo foi firmado entre as duas autarquias, em Abril de 1999, Ourém já desenvolveu várias iniciativas a favor da população daquele município africano. Entre essas acções está a atribuição de um subsídio de 5000 euros à Assistência Médica Internacional, de bolsas de estudo para que alunos de São Filipe pudessem estudar em Ourém ou o envio de material de construção, informou a autarquia.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...