uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Câmara de Rio Maior paga verbas para movimento associativo até final de Dezembro

Edição de 15.12.2010 | Sociedade
Os contratos-programa com o movimento associativo do concelho de Rio Maior vão ser saldados até final do ano. A autarquia previa transferir a totalidade da verba relativa às actividades dos clubes desportivos esta semana e parte das verbas referentes ao aluguer de instalações. Até final do mês a câmara prevê pagar os montantes relativos às comparticipações de transportes e deslocações. O esclarecimento foi prestado pela presidente da câmara, Isaura Morais (PSD), ao vereador do PS Guilherme Gaboleiro, que tinha questionado o motivo pelo qual se está em Dezembro e nenhuma verba teria sido paga até à data relativo ao movimento associativo. “É preciso recuar tanto, que a memória não alcança, para lembrar como se chega a Dezembro e o movimento associativo não ter recebido nenhuma comparticipação da câmara dos contratos-programa. Acresce que o contrato-programa para o desporto e associativismo diminuiu bastante ao contrário do contrato-programa para a Desmor, que aumentou bastante”, comentou Guilherme Gaboleiro.Na resposta, Isaura Morais lembrou que as autarquias são penalizadas com o Orçamento de Estado de 2011, no caso de Rio Maior um decréscimo de 8,6 por cento. “Além disso há que contar com as restrições realizadas ao IMT, com as competências delegadas na área da educação que estão muito acima das transferências do Estado para essas rubricas, a par dos muitos compromissos assumidos que temos nesta câmara. O mesmo foi transmitido aos presidentes de junta, que o sabem bem porque também recebem menos directamente do Estado”, exemplificou Isaura Morais. O vereador socialista agradeceu ainda à edil a disponibilização de dados relativos à Desmor mas lembrou que os vencimentos do novo técnico da empresa municipal, Sérgio Santos, e do administrador- executivo, continuam a ser uma incógnita. Deu como exemplo a empresa municipal de Oeiras na área do desporto, a Oeirasviva, que apresenta no seu site, todos os dados relativos a vencimentos, despesas de representação, viaturas e outros dados relativos aos administradores. Isaura Morais recordou que a tabela de vencimentos de directores existe na Desmor desde 2003 e que não foram alterados.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...