uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Presentes feitos em casa ou promessas em vez de prendas são ideias para poupar

Presentes feitos em casa ou promessas em vez de prendas são ideias para poupar

Faça uma lista do que quer oferecer, compre com antecedência e cumpra um orçamento

O Natal pode voltar a ser Natal em vez de época de consumismo e tudo graças à crise e à necessidade de se poupar. Se não tem dinheiro para prendas não tenha vergonha de assumir isso e dê afecto.

Edição de 15.12.2010 | Sociedade
Comprar com antecedência, fazer uma lista de presentes e cumprir um orçamento são regras básicas para poupar neste Natal, mas não faltam outras ideias. Prendas feitas em casa, serviços em vez de bens e o jogo do "Pai Natal Secreto" são apenas algumas sugestões.Associações de apoio ao consumidor garantem que este Natal será de contenção, porque a conjuntura de crise está a fazer cair o recurso ao crédito e a tornar as pessoas mais responsáveis e poupadas. Para ajudar a evitar excessos, a DECO e a Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC) deixam algumas recomendações: “Se pretende dar prendas faça uma lista com os nomes das pessoas a quem vai dar, estipule um valor e procure dar presentes para o valor que definiu”.Depois é preciso tentar respeitar a lista e não deixar compras para a última hora, porque provavelmente se vai gastar mais, acrescenta Natália Nunes, coordenadora do gabinete de sobreendividamento da DECO. A ASFAC dá precisamente o mesmo conselho e recomenda a quem não pode comprar presentes assumir essa incapacidade “e dar afecto apenas”, pois essa é “a essência do Natal”.“Em vez de optar por presentes caros, sugiro que as pessoas coloquem a criatividade em prática e criem os seus próprios presentes, que em família até é mais divertido”, afirma Susana Albuquerque, secretária-geral da ASFAC.E não é preciso saber fazer malha ou costura para fabricar presentes. Oferecer calendários e agendas feitas com o computador, fotografias de família emolduradas ou pequenas guloseimas como chocolates, compotas ou até um cabaz de natal com alimentos feitos em casa são sugestões do blogue Poupar Dinheiro.Outra alternativa apresentada por Susana Albuquerque, especialista em educação financeira, é repartir pelo tempo os gastos com os presentes de Natal, deixando de parte uma pequena quantia todos os meses. Mas esta é uma medida que implica pensar o Natal logo no início do ano.Escolher dar presentes de Natal só até uma certa idade é outra sugestão do blogue Poupar Dinheiro, que explica que assim, em vez de dar dezenas de pares de meias só para oferecer qualquer coisa, pode oferecer-se um presente melhor a cada criança e mesmo assim poupar no conjunto das prendas.O site Saber Poupar sugere que se recupere o jogo do "amigo secreto" dentro da família, no círculo de amigos ou entre colegas de trabalho. Os nomes de cada pessoa são escritos num papel e colocados num recipiente, cada pessoa retira um papel e compra apenas uma prenda: para essa pessoa. No dia da troca pode revelar-se a identidade de cada amigo ou deixar tudo em nome do "Pai Natal Secreto". Outra proposta deste site é que, em vez de prendas, se façam promessas. "Em vez de comprar presentes, ofereça aos amigos uma noite de babysitting, aos seus pais um mês inteiro a fazer-lhes as compras, uma massagem e um jantar romântico por mês para a sua cara-metade".
Presentes feitos em casa ou promessas em vez de prendas são ideias para poupar

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...