uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Presépios em lã feltrada dão outra originalidade ao Natal

Presépios em lã feltrada dão outra originalidade ao Natal

Ana Oliveira ensina a arte de manusear materiais pouco usuais
Edição de 15.12.2010 | Sociedade
Durante dois sábados consecutivos, Ana Oliveira, 35 anos, ensinou, na Biblioteca Municipal Ruy Gomes da Silva, na Chamusca a fazer presépios em lã feltrada, também conhecida no mercado como “lã mágica” devido à facilidade com que se manuseia. A técnica é desenvolvida com a ajuda de uma esponja e de uma pequena agulha. Um trabalho para mãos habilidosas e que requer alguma paciência pois nem sempre sai bem à primeira. Existe ainda a técnica de feltragem com água e sabão um pouco mais trabalhosa.Ana considera que os presépios em lã feltrada, como são feitos de um material que nem todas as pessoas conhecem ou sabem como trabalhar, “têm a vantagem de ser bastante originais” e de poderem constituir uma prenda exclusiva. Ana conheceu a arte de trabalhar a lã feltrada há cerca de dois anos através de uma pesquisa na internet. Decidiu frequentar algumas formações e agora é ela quem ensina. A maioria das participantes conhece-se através de redes sociais dedicadas a trabalhos manuais ou artes decorativas. Tal como muitas pessoas, Ana também divulga os seus trabalhos numa página de internet em www. bijutaria-etc.blogspot.com. Ana Oliveira diz que herdou o jeito para os trabalhos manuais do seu avô materno que “era todo engenhocas”. Já em criança revelava um grande gosto a fazer trabalhos manuais, que na altura em que frequentava a escola primária se resumiam a trabalhos de papel e cola. Mais tarde adquiriu o gosto de fazer bonecas de pano em miniatura que ainda hoje as conserva e, posteriormente, começou a fazer peças de bijutaria como colares e pulseiras. A sua casa está decorada com peças feitas por si, onde se destaca a paixão que tem por elefantes.
Presépios em lã feltrada dão outra originalidade ao Natal

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...