uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Gala de Mérito Desportivo distingue atletas do concelho de Vila Franca de Xira

Foram atribuídas 27 distinções por títulos individuais e 23 por títulos colectivos

Susana Marques, Luís Galvão, Susana Sousa e Sofia Teixeira foram alguns dos atletas do concelho que se distinguiram a nível desportivo na época 2009/2010. As distinções foram baptizadas com o nome de três atletas consagrados do concelho – Pedro Alves, Carlos Manuel Lopes, Baptista Pereira.

Edição de 21.12.2010 | Desporto
Susana Marques , atleta de kickboxing do Grupo Desportivo de Vialonga, sagrou-se campeã regional e vice-campeã na época 2009/2010. Foi uma das atletas chamada por Carlos Manuel Lopes para receber a distinção “Carlos Manuel Lopes” na Gala de Mérito Desportivo que decorreu no auditório da Sociedade Filarmónica Alverquense (SFRA) na passada sexta-feira, 17 de Dezembro.Tem 18 anos, mora em Vialonga e treina kickboxing há um ano e meio. “Sempre gostei mais de um desporto que me permite entrar em contacto directo com outra pessoa”, conta Susana Marques. Três vezes por semana treina a modalidade com a ajuda do mestre Joaquim Travassos. “Graças ao meu treinador vou conquistando alguns troféus”, reconhece a atleta que vê cada vez mais mulheres a aderirem ao kickboxing. Os amigos também gostam de andar com alguém por perto que pratica um desporto de combate: “Estão sempre com piadas, dizem que se sentem protegidos”, conta Susana Marques, estudante do 12º ano que pretende tirar o curso de Gestão, mantendo sempre os treinos de kickboxing. Também Luís Galvão, 16 anos, praticante de patinagem artística, do Grupo Desportivo de Vialonga subiu ao palco para receber das mãos de Carlos Manuel Lopes a distinção. Na categoria de juvenis, sagrou-se campeão regional em “Figuras obrigatórias”, campeão regional em “Patinagem Livre”, Vice-Campeão Nacional em “Patinagem Livre” e campeão nacional em “Figuras obrigatórias”. Depois de passar pelo hóquei, acabou por ser arrastado aos 7 anos para a patinagem artística pela mãe, onde também treinava a irmã. “Este prémio é muito importante porque vem ajudar a divulgar mais a patinagem artística, uma actividade que é muito pouco reconhecida”, aponta o jovem que está no grupo de Vialonga há quatro anos. Susana Sousa e Sofia Teixeira, do Cercitejo, foram seleccionadas em campeonatos nacionais para integrarem a equipa nacional de basquetebol, que se sagrou campeã nos Special Olympics European Summer Games, em Varsóvia. Treinam com Ivo Crispim, professor de educação física, que veio acompanhar as duas jovens para receberem a distinção Baptista Pereira. “Treinar atletas com deficiência intelectual é como treinar outro jovem qualquer, com a devida adaptação da modalidade às suas necessidades”, conta Ivo Crispim. “Gosto muito de jogar basquetebol e espero continuar”, diz Susana Sousa, satisfeita por ter vindo receber o prémio. No total, foram na Gala de Mérito Desportivo atribuídas 27 distinções por títulos individuais e 23 por títulos colectivos. O prémio visou distinguir as melhores performances de destaque a nível desportivo do concelho na época 2009/2010. Os títulos estiveram divididos em três categorias distintas, com o nome de três atletas consagrados do concelho: distinção “Batista Pereira” para participação em competições internacionais; distinção “Carlos Manuel Lopes” para os três primeiros lugares em campeonatos nacionais e o prémio “Pedro Alves” para campeões regionais. A gala contou ainda com várias actuações de dançarinos da Academia Paula Manso.Três atletas ímpares do concelho de Vila Franca de XiraCarlos Manuel Lopes, de 42 anos, começou a conquistar vitórias e títulos desde a sua primeira participação internacional no Campeonato da Europa em 1989. Não parou mais até aos Jogos Paralímpicos de Pequim em 2008, onde se retira da competição. Contou com cinco presenças em Jogos Paralímpicos (4 medalhas de Ouro e 1 de Bronze), sete presenças em Campeonatos do Mundo (8 medalhas de Ouro, 3 de Prata e 2 de Bronze) e nove presenças em Campeonatos da Europa (10 medalhas de Ouro, 6 de Prata e 4 de Bronze). É vice-presidente do Comité Paralímpico desde Novembro de 2009 e Presidente da Associação Portuguesa de Cegos e Amblíopes de Portugal desde Junho de 2008. Em 2010 irá chefiar a Missão Paralímpica Portuguesa em Londres. O Município de Vila Franca de Xira atribui-lhe em 1992 a Medalha de Valor Desportivo grau Ouro e em 1997 a Medalha de Mérito Municipal Dourada, como reconhecimento pelo serviço prestado ao desporto no concelho e no país.Joaquim Baptista Pereira (1921-1984), de Alhandra, começou desde muito cedo a nadar nas margens do Rio Tejo. Revolucionou a natação competitiva em Portugal, na Piscina e no Rio, não dando hipóteses aos adversários, tendo batido os recordes nacionais dos 200, 400, 500, 800, 1000 e 1500 metros livres. Deixada a natação de piscina, a força e a paixão do grande atleta levaram-no às maiores façanhas no mar e no rio, que culminariam com a vitória da travessia do Canal da Mancha, em 21 de Agosto de 1954. Quebrou também os recordes da Travessia do Estreito de Gibraltar, em 25 de Outubro de 1953 e em 22 de Setembro de 1956, e o recorde da Europa de distância e permanência na água. Pela primeira vez na história do desporto português, um atleta foi notícia em jornais e revistas a nível internacional, tendo sido em virtude dos seus grandes feitos, galardoado com a medalha de mérito Desportivo Nacional. O Município de Vila Franca de Xira atribuiu-lhe a título póstumo a Medalha de Honra Municipal em 1999.Pedro Nuno Batalha Alves nasceu a 17 de Abril de 1970, em Vila Franca de Xira. Calçou os patins com apenas 4 anos, representando a União Desportiva Vilafranquense e nunca mais os descalçou, tendo feito do Hóquei a sua vida. Em Portugal representou para além da UDV, o Sporting Clube de Portugal, o Hóquei Clube de Barcelos e o Futebol Clube do Porto, chegando ao topo, acumulando vitórias e títulos, seis Campeonatos Nacionais, seis Taças de Portugal, duas Supertaças Nacionais e uma Taça dos Campeões Europeus, uma Supertaça Europeia, uma Taça Intercontinental, entre muitos outros. Chamado à Selecção Nacional, sagra-se em 1985 Campeão Europeu de Juvenis, um percurso internacional que estava apenas no início uma vez que com a camisola das quinas também acumulou diversos títulos, sendo um dos atletas nacionais com mais internacionalizações

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...