A cidade do Desporto entre o Ribatejo e o Oeste

Com mais de 21.000 habitantes e uma superfície de cerca de 272,8 Km2, terra de vales e colinas onde se encontram a paisagem serrana e as planuras ribatejanas, o concelho de Rio Maior representa um espaço privilegiado de transição entre a região do Vale do Tejo e o Litoral Oeste do país. É constituído por catorze freguesias: Arrouquelas, Alcobertas, Azambujeira, Arruda dos Pisões, Asseiceira, Assentiz, Fráguas, Malaqueijo, Outeiro da Cortiçada, Ribeira de S. João, Rio Maior, S. João da Ribeira, S. Sebastião e Vila da Marmeleira.Os principais acessos fazem-se pela A15 (que faz ligação à A8 e A1) e pela EN114 (Santarém – Caldas da Rainha). O concelho de Rio Maior, que integra a sub-região da Lezíria do Tejo mas tem fortes ligações ao Oeste, tem ainda como principais pontos naturais de referência a Serra dos Candeeiros, as Salinas de Fonte da Bica e o rio Maior, afluente do Tejo.A grande aposta autárquica no sector desportivo colocou a cidade de Rio Maior no mapa do país como Capital do Desporto. Dispõe hoje de excelentes infra-estruturas para quase todo o tipo de práticas desportivas e de estágios profissionais, e ainda de uma Escola Superior de Desporto.Entalado entre o Ribatejo e o Oeste, fazendo fronteira com concelhos como Caldas da Rainha, Santarém, Azambuja, Cartaxo ou Alcobaça, o concelho de Rio Maior foi fundado em 1836, tendo a vila sede de concelho sido elevada a cidade em 1985.Um dos ex-libris do concelho é a Feira Nacional da Cebola cujas origens remontam a 1761, tendo adquirido a designação de Frimor – Feira Nacional da Cebola muito recentemente. Inicialmente era realizada em Arrouquelas, mas mais tarde foi passada para Rio Maior.* Informações disponibilizadas no site da câmara municipal www.cm-riomaior.pt

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo