O castelo de Almourol como ex-líbris

O Concelho de Vila Nova da Barquinha tem uma superfície de 49 quilómetros quadrados, repartida por cinco freguesias: Atalaia, Moita do Norte, Praia do Ribatejo, Tancos e Vila Nova da Barquinha. Encontra-se localizado na margem direita do Rio Tejo, ocupando uma situação geográfica privilegiada. Confina com os concelhos de Tomar, Constância, Entroncamento e Torres Novas.O Itinerário Complementar nº3 e a Auto-Estrada nº 23 constituem motores de desenvolvimento sustentado do concelho que aposta no aproveitamento da vertente turística onde o património cultural e natural, o usufruto da zona ribeirinha, e a oferta de uma boa qualidade ambiental e habitacional, constituem potencialidades notáveis. Os rios desde os tempos mais remotos constituíram um pólo de atracção para a fixação das populações devido à facilidade de obtenção de meios de subsistência. Assim, foi durante o processo de Reconquista Cristã, que as povoações deste concelho ganharam considerável projecção. À medida que o território se expandia para Sul era preocupação dos reis da primeira Dinastia manter as posses das terras, pelo que surgiram, nesta zona, ao longo do curso do Tejo, importantes baluartes defensivos, como o Castelo de Almourol, ex-líbris do concelho. Pensa-se que esta fortificação terá sido edificada no século III ou no IV, tendo sido reconstruído no século XII (1171), por Gualdim Pais, Mestre da Ordem dos Templários.O povoamento do território que corresponde ao actual concelho remonta a épocas ancestrais, nomeadamente ao período Paleolítico. * Informações disponibilizadas no site da câmara municipal www.cm-vnbarquinha.pt

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo