uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Casa que deslizou na encosta do Pedrógão não pode voltar a ser habitada

Edição de 21.12.2010 | Sociedade
A casa que em Março deste ano deslizou cerca de dois metros na encosta do Pedrógão em A-dos-Loucos, freguesia de São João dos Montes, concelho de Vila Franca de Xira, não pode ser recuperada nem reconstruída.As conclusões da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e da Junta de Freguesia de São João dos Montes foram apresentadas na última visita do executivo à freguesia. Devido ao assentamento e deslizamento do solo no local da habitação – onde morava uma idosa que teve de ser evacuada pelos bombeiros de Alhandra na madrugada de dia 6 de Março – esta encontra-se “com graves problemas de fissuração ao nível de paredes e os pavimentos encontram-se muito deformados”, segundo os responsáveis. Assim, os técnicos entenderam que não estão reunidas as condições de segurança para que a casa possa voltar a ser habitada. “Pelo avançado estado de instabilidade das construções, julga-se inviável a sua recuperação e reconstrução”, lê-se nas conclusões da câmara municipal. A habitação é privada e, nesse sentido, “será feita uma vistoria prévia ao local, por forma a poder ordenar aos proprietários o procedimento a seguir”, que poderá ir até à demolição da casa. No dia 6 de Março, recorde-se, a força das águas arrastou consigo parte da encosta do Pedrógão, e com ela uma casa, que deslizou dois metros face às duas habitações que se encontram ao seu lado. A idosa foi morar com familiares. Tal facto preocupou também os moradores da urbanização da Cruz de Pau, situada no fundo da encosta, que temeram que a casa e os terrenos se abatessem sobre a urbanização, o que não veio a acontecer.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...