uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
A corrida solidária mais louca do mundo une Cartaxo a Dakar

A corrida solidária mais louca do mundo une Cartaxo a Dakar

Participantes partiram no dia 26 de Dezembro e devem chegar ao Senegal no dia 8 de Janeiro
Edição de 28.12.2010 | Sociedade
Trinta e cinco viaturas partiram da Quinta das Pratas, no Cartaxo, rumo a Dakar numa corrida solidária a favor da Assistência Médica Internacional.O Cartaxo foi o ponto de partida do “Portugal Dakar Challenge – A corrida solidária mais louca do mundo”, no domingo, 26 de Dezembro. Trinta e cinco viaturas partiram do Museu do Vinho - Quinta das Pratas, rumo a Lago Rosa, em Dakar, capital do Senegal.Momentos antes da partida tiraram-se as fotos da praxe e ajustaram-se os últimos detalhes, para que nada fique ao acaso numa expedição que vai durar até dia 8 de Janeiro, num percurso de cinco mil quilómetros dividido em treze etapas. A prova conta com a participantes de norte a sul do país, do Brasil e do Canadá. Os “Caracóis do Deserto” e os “Papa Abutres” são algumas das equipas com nomes mais curiosos que revelam o carácter descontraído da prova, com equipas compostas por grupos de amigos ou familiares. Condutor dos Caracóis do Deserto, Pedro Ruivo, de Leiria, não quis deixar passar esta oportunidade de ser solidário, aliando a isso uma paixão sua. O ex-praticante de enduro não teme as dificuldades que o esperam na prova pois pretende apenas divertir-se e acredita que qualquer percalço será facilmente contornado com uma dose de boa disposição.A participação estava aberta a qualquer “mente esperta” conforme explicou o director da Global Share, empresa criadora desta iniciativa, Gonçalo Terenas. “Existem viaturas convencionais em prova. O importante aqui é a camaradagem e não existe o espírito competitivo, apenas animação”, explicou. As receitas revertem a favor da Assistência Médica Internacional – AMI, sendo que as equipas participantes foram divididas em duas categorias, as “Touareg”, que no final vão entregar as suas viaturas para serem leiloadas, e as “Berbere”, que cedem directamente o seu donativo. Para participar era necessário efectuar o pagamento de 600 euros por viatura e 165 euros por participante. No caso da equipa que não leiloa a sua viatura, foi acrescido o valor de 50 euros na inscrição da viatura e 25 euros por participante.A edição de 2011/2012 já está a ser preparada e terá novamente o Cartaxo como palco de partida.
A corrida solidária mais louca do mundo une Cartaxo a Dakar

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...