uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Utentes da estação de comboios de Vila Franca querem parque de estacionamento a funcionar

Utentes da estação de comboios de Vila Franca querem parque de estacionamento a funcionar

Espaço com 76 lugares foi construído há seis meses, mas continua encerrado

Um parque de estacionamento com 76 lugares, construído há seis meses, junto à estação de comboios de Vila Franca de Xira, continua fechado ao público. Em causa estão divergências entre a REFER, câmara e junta sobre a futura exploração do espaço. Utentes estão indignados com o arrastar da situação.

Edição de 28.12.2010 | Sociedade
O novo parque de estacionamento para automóveis, situado entre a estação de comboios de Vila Franca de Xira e o Jardim Constantino Palha, foi construído há seis meses, mas ainda não foi colocado à disposição da população.O espaço, construído pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, no âmbito de um protocolo assinado com a REFER, tem capacidade para receber 76 automóveis. Custou perto de 100 mil euros e foi apontado pelo executivo da câmara como uma solução para a falta de estacionamento na zona próxima da estação.Contudo divergências entre a REFER, a câmara municipal e a junta de freguesia, no que diz respeito aos moldes da sua exploração futura, têm atrasado o processo. A abertura está prevista para o final do primeiro trimestre de 2011. Isto caso um entendimento seja alcançado. Uma certeza para já é que o parque não vai ser gratuito. “O estacionamento será preferencialmente associado ao bilhete de transporte ferroviário. Nos restantes casos a sua utilização será paga. A entrada em funcionamento depende da celebração de um protocolo de gestão do espaço que ainda se encontra em fase de apreciação entre as partes”, esclarece o município a O MIRANTE. Enquanto isso os utilizadores do comboio condenam o atraso na sua abertura, mesmo com a perspectiva de vir a ser um parque pago. “O que acontece é que continuamos a deixar os carros longe da estação, muitas vezes em infracção por falta de espaço. Acho que este sítio deveria abrir. Eu e muitas outras pessoas não se importam de pagar, desde que seja para um parque em condições”, defende Marco Pires, utente. Outros utilizadores de transporte público apontam o dedo ao parque de estacionamento do União Desportiva Vilafranquense. “Cheira-me que a ideia é que o União consiga encaixar mais algum dinheiro, que bem precisa. Mas as pessoas que aqui apanham o comboio todos os dias têm o direito de escolher onde querem deixar o carro”, critica Alfredo Ribeiro. Opinião semelhante tem Clara Monteiro, utente. “As pessoas precisam de estacionamento. É urgente que os políticos não se esqueçam deste parque e das potencialidades. É óbvio que vão ser precisas novas obras para colocar o parque a funcionar, mas nada que não se resolva com boa vontade”, defende.A problemática da falta de estacionamento na cidade já dura há quase uma década. Uma das soluções, a construção de um auto-silo junto aos Bombeiros Voluntários, já vem sendo prometida mas o projecto ainda não avançou. Segundo os autarcas a criação de um silo semelhante aos existentes em Santarém e Coimbra (com piso inferior, rés-do-chão e primeiro andar) acabaria com os problemas de estacionamento na cidade.
Utentes da estação de comboios de Vila Franca querem parque de estacionamento a funcionar

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...