uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Carla Matos

Carla Matos

35 anos, cabeleireira, Alverca do Ribatejo

“Até agora ainda não tive que alterar as minhas rotinas por causa da crise. Nota-se que os preços vão aumentando mas consigo continuar a minha vida sem dispensar nada. Também nunca tive o hábito de gastar mais do que aquilo que posso e tenho muito cuidado com a gestão do dinheiro. O importante é que o trabalho e a saúde não faltem”.

Edição de 06.07.2011 | Agora falo eu
O que mais a irrita no sexo oposto?O machismo que ainda está muito enraizado na geração mais velha. Felizmente hoje em dia os homens já ajudam mais as mulheres em casa em vez de chegarem do trabalho e se sentarem a ver televisão. Já estivemos mais longe de conseguir a igualdade entre os sexos. É preciso continuar a lutar. É verdade que os homens se querem a cheirar a cavalo?Nem pensar. Os homens querem-se cheirosos, bonitos e jeitosos (risos). E muito lavadinhos…Como é que uma mulher deve ser conquistada?É preciso muito romantismo, palavras carinhosas e atenção. Sabe muito bem receber um ramo de flores ou uma caixa de chocolates. Não acho que uma mulher precise de se fazer difícil para atrair mais os homens. Tem de ser igual a ela própria e fiel à sua personalidade. Era capaz de namorar com alguém que conhecesse através da internet?Não era capaz de me apaixonar através de um ecrã. Faz-me alguma confusão mas isso também depende da personalidade de cada um. Não existe nada que substitua o contacto cara-a-cara.Qual é o vício que não consegue deixar?O café e o trabalho. Posso chegar a tomar seis cafés por dia e chego a trabalhar entre 10 a 12 horas, tirando ainda o trabalho que me espera em casa. Mudou alguma coisa na sua vida com a crise que estamos a passar?Até agora ainda não tive que alterar as minhas rotinas por causa da crise. Nota-se que os preços vão aumentando mas consigo continuar a minha vida sem dispensar nada. Também nunca tive o hábito de gastar mais do que aquilo que posso e tenho muito cuidado com a gestão do dinheiro. O importante é que o trabalho e a saúde não faltem. Existe algum político do concelho de Vila Franca de Xira que admire?O meu salão de cabeleireiro está mesmo aqui ao lado da zona onde estão a decorrer as obras de regularização do Rio Crós-Cós e com muita frequência recebemos a visita do vereador Rui Rei. É um político de palavra e tem cumprido sempre com aquilo que está dentro das suas competências. Ninguém gosta de obras à porta da sua casa, mas temos sentido apoio a esse nível. Tem medo da solidão?A ideia de ficar na solidão assusta-me um bocadinho porque gosto de estar sempre rodeada dos amigos e da família. Os momentos a sós também são necessários, mas aprecio muito mais a companhia.
Carla Matos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...