uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Uma questão de sensibilidade

Uma questão de sensibilidade

Edição de 06.07.2011 | O Cartoon da Notícia
Os funcionários da Câmara Municipal da Chamusca estão muito mal vistos pelos responsáveis da autarquia. Se não vejamos: na última sessão da Assembleia Municipal da Chamusca, as críticas choveram de todo o lado. “Fazem horas extraordinárias a dormir”, “passam horas nos cafés”, “picam o ponto uns pelos outros” etc, etc... Agora, o funcionário que toma conta do mercado diário foi de férias e para o substituir a câmara foi contratar um funcionário da empresa intermunicipal Águas do Ribatejo, que tirou férias de propósito nesta altura. Quando se sabe que a autarquia tem pouco trabalho para dar aos funcionários, a explicação dada pelo presidente da câmara para esta situação é a de que não há nenhum funcionário com sensibilidade para aquele trabalho. Resta acrescentar que no mercado há apenas dois ou três vendedores, por isso a responsabilidade restringe-se a abrir o espaço de manhã cedo. Será que entre os funcionários da autarquia não havia quem tivesse a sensibilidade para se levantar a horas de abrir as portas...
Uma questão de sensibilidade

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...