uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Crise afasta pescadores do Clube Amadores de Vila Franca de Xira

Clube celebrou 48º aniversário com um lanche entre os sócios

Como se a falta de jovens não fosse suficiente há um novo obstáculo no crescimento do Clube Amadores de Pesca de Vila Franca de Xira: a falta de dinheiro. A crise económica está a levar muitos pescadores a deixar a modalidade. O clube está a dois anos de celebrar os 50 anos de vida.

Edição de 13.07.2011 | Desporto
A crise económica está a levar os sócios do Clube Amadores de Pesca (CAP) de Vila Franca de Xira a encostar as canas e a deixar de praticar a modalidade com regularidade.O desabafo é do presidente do clube, José Matos, no dia em que o clube celebrou com um lanche de convívio o 48º aniversário. Perto de 50 convidados juntaram-se na sede do CAP para brindar. Faltam apenas dois anos para o clube poder celebrar meio século de vida.“A crise está a apertar e os nossos sócios são pessoas que pescam por amor à modalidade. Não temos apoios e cada um paga as despesas do seu bolso. Estamos a assistir a uma redução drástica dos praticantes. Há menos gente a competir. No ano passado o clube inscreveu 15 atletas a nível federativo nacional e este ano apenas oito atletas”, lamenta a O MIRANTE. O clube, recorde-se, acabou a última época como vice-campeão da primeira divisão regional da Associação Regional do Centro de Pesca Desportiva (ARCPD). Além desse resultado o CAP de Vila Franca conseguiu ter também dois atletas com bons resultados nacionais, um vice-campeão regional e outro no Top 10. As taças dos vários troféus acumulam-se às dezenas na apertada sede no centro da cidade de Vila Franca. “O clube vive com muitas dificuldades e continuamos a ter esperança no aparecimento de mais jovens. Gostávamos de avançar com uma escola de pesca mas no actual momento económico isso não parece ser possível”, refere o responsável. José Matos está no CAP de Vila Franca há 25 anos e na direcção há 12 anos. “É muito tempo, começamos a ficar cansados e vemos com apreensão não aparecer gente para tomar conta disto. Ninguém quer assumir a direcção de uma casa destas, o que é pena”, confessa. Os objectivos do clube para os próximos meses são competir nos diversos campeonatos federados em que estão inscritos e continuar a levar o nome de Vila Franca a todo o país nos nacionais da modalidade. Manter o clube com uma saúde financeira estável é outro dos objectivos imediatos para o futuro. “Somos um clube com algumas limitações mas tentamos fazer sempre o melhor possível. Não temos apoios nem patrocínios, jogamos apenas com aquilo que temos e que cada um tem”, conclui o dirigente. O CAP de Vila Franca dedica-se exclusivamente à pesca de rio e albufeira. Tem 190 sócios e faz da Lezíria o seu local de treino. O clube esteve na rua Vasco Moniz e mais tarde no cais de Vila Franca, do outro lado da linha de comboio. Por fim acabaram por inaugurar a sede onde ainda hoje se encontram, na zona nobre da cidade, em frente ao monumento ao campino, próximo do largo do município.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...