uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Combustível do melhor para o corpo e para a alma

Fernando Alves, “Dom Vinho”, Sardoal
Edição de 13.07.2011 | Suplemento Restauração
Esteve para se chamar “Portal da Vila”, por se encontrar junto às bombas de gasolina mesmo na entrada da vila. Acabou por ser Dom Vinho em homenagem aos néctares vinícolas da região. Fernando Alves já era dono da gasolineira e juntou ao seu património o restaurante, aproveitando o terreno disponível. Quem pára para abastecer a viatura pode abastecer também o físico e a alma porque as receitas são “divinais”. O destaque vai para o cabrito à moda da avó, uma receita tradicional da autoria da sua própria avó. Com um limite de 120 pessoas, “Dom Vinho” recebe todo o tipo de eventos, desde grupos, casamentos ou baptizados, com um mínimo de marcação de uma semana de antecedência. A pastelaria é variada. As tigeladas especiais, fabricadas em forno de lenha estão no topo das preferências dos clientes. O restaurante serve refeições mais económicas durante a semana. Uma sopa, um prato, bebida e sobremesa ficam em cerca de sete euros. A oferta vai de grelhados mistos a vitela estufada. Numa das paredes sobressai um quadro com o brasão do Sardoal. O restaurante “Dom Vinho” encerra à terça-feira. Só há serviço de jantar às sextas-feiras e sábados.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...