uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

O polvo à lagareiro é o prato preferido dos clientes habituais

José Martinho, “Adega Típica”, Santarém
Edição de 13.07.2011 | Suplemento Restauração
Quem entra depara-se quase de imediato com um quadro já antigo, de um idoso de barbas brancas olhando com um sorriso alegre para um copo de tinto. A imagem serve de emblema a esta “Adega Típica”, na estrada nº3, na Portela das Padeiras, Santarém. De onde veio tão pitoresca imagem? “O quadro é tradicional do tempo em que isto era uma tasca. Já aqui o encontrei e aqui ficou”, explica o responsável, José Martinho. O amplo parque de estacionamento privado é um dos pontos fortes do espaço. A comida e os doces são todos confeccionados no local, sendo que diariamente o restaurante dispõe de três a quatro pratos do dia, para refeições mais económicas. Uma sopa e um desses pratos, sobremesa, bebida e café ficam em cerca de oito euros. “Em termos de ementa o que os clientes mais pedem é o Polvo à Lagareiro”, diz José Martinho. A nível de doces, a oferta vai desde o tradicional doce da casa, cheesecake ou pudim de ovos. O espaço tem três salas, com capacidade total de 120 lugares. Até uma semana de antecedência, o restaurante recebe grupos, casamentos ou baptizados. Há alturas do ano em que é complicado reservar, como em Dezembro por causa dos jantares de Natal de empresas e de grupos de amigos. A “Adega Típica” está aberta de segunda-feira a sábado, do meio-dia às 15h30 e das 19h às 22h. “Ao cliente o que posso dizer é que o espaço é acolhedor, tem parque privativo e as pessoas não esperam nem pelo lugar nem pela comida, que demora em média 10 minutos a ser servida. É bom para quem tem um horário apertado”, afirma o empresário.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...