uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Os clientes mais antigos chamam-lhe o “Cor-de-Rosa”

Maria do Carmo Vitorino, “H. Vitorino”, Vila Chã de Ourique
Edição de 13.07.2011 | Suplemento Restauração
É conhecido como “o Cor-de-Rosa”. O restaurante “H.Vitorino” tem já muitos anos. Os primeiros proprietários decoraram-no em tons rosa e assim ficou até hoje. Os clientes da zona baptizaram-no de “Cor-de-Rosa”. Foi há dez anos que o espaço mudou de dono. Foi comprado pelo irmão de Maria do Carmo Vitorino. Situado à saída de Vila Chã de Ourique, tem um amplo parque de estacionamento. Há mesas que cheguem para mais de cem pessoas. Assim elas apareçam. Recebe grupos, casamentos e baptizados com marcação prévia entre uma semana a um mês. O restaurante está aberto entre as 10h00 e as 22h00, de quarta-feira a segunda-feira. Uma refeição pelo prato do dia, com bebida e sobremesa, fica em cerca de 10 euros. Os pratos do dia vão variando ao longo da semana, ao lado de refeições mais habituais de carne ou peixe. À quarta-feira é servido magusto com bacalhau assado. Na Quinta-feira cozido à portuguesa. Sexta-feira feijoada á transmontana. Sábado, bacalhau à Brás e Domingo vitela estufada. Para além da ementa do dia, o “H.Vitorino” é ainda conhecido pelo seu Bacalhau à Vitorino. “Bacalhau na frigideira, com cebolada e cerveja”. Costeleta Mirandesa ou Picanha são outros pratos da casa, assim como as francesinhas ou o polvo à lagareiro. O restaurante tem ainda rede de internet sem fios.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...