uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Ribatejanos em destaque na prova de Duatlo Jovem em Ourém

Núcleo Sportinguista da Golegã e Águias de Alpiarça conquistaram alguns dos primeiros lugares
Edição de 20.07.2011 | Desporto
Mais de 400 atletas, dos seis aos 75 anos, competiram em corrida e ciclismo no domingo, dia 17, em Ourém, numa prova de Duatlo organizada pela empresa municipal OurémViva e pela Federação de Triatlo de Portugal. Entre os escalões mais jovens, o Núcleo Sportinguista da Golegã (NSG) e Águias de Alpiarça conquistaram alguns dos primeiros lugares.Andreia Lopes, 17 anos, do NSG, ficou em 2º lugar no escalão dos 16-17 anos, no campeonato nacional de Grupos por Idade. Iniciou-se aos nove anos no triatlo e nunca mais parou. “Por dia treino três a quatro horas, antes e depois das aulas. Já ganhei alguns prémios e gostava de um dia chegar aos Jogos Olímpicos”, comenta. Para conseguir vingar neste desporto, é sobretudo necessário “gostar”, diz. Já a colega Ana Alarico, de 17 anos, também do NSG, ficou em terceiro lugar no mesmo escalão. “Comecei no triatlo por influência do meu professor de Geografia, o triatleta Pedro Quintela. Comecei no triatlo com 13 anos, mas já fazia atletismo desde os seis. Perto da minha casa era a única actividade desportiva que havia e inscreveram-me”, explica. “É preciso dedicação, conciliar escola, família e treino e ter sucesso em todas as partes. É preciso organização e força de vontade”.As duas amigas reconhecem que são necessários alguns sacrifícios e não sair tanto como gostariam, mas referem que com gosto tudo se faz. O mesmo espírito foi partilhado por Pedro Matos, 32 anos, do NSG, que ficou em terceiro lugar no escalão dos 30-34 anos, na mesma prova. Natural do Entroncamento, referiu que o facto de trabalhar por turnos torna a dedicação ao desporto ainda mais difícil. “Por isso só tenho feito duatlos. É preciso ter tempo e dedicação. Nem sempre é fácil”. A terceira posição já valeu a competição. “Sabe sempre bem, mesmo o terceiro lugar”.Para Vasco Rodrigues, da organização, esta primeira iniciativa em Ourém superou as expectativas. “Não há muitas provas de Duatlo no país, pelo que para nós este interesse das autoridades de Ourém foi excelente”. O arranque das provas foi no Parque Linear e percorreram toda a cidade.“Tivemos algumas quedas, mas nada de problemático. Correu tudo dentro dos horários. Temos muito boas condições em Ourém, as estradas podiam ser melhores, mas para uma primeira iniciativa esteve tudo bem e há boa vontade para continuar”. O evento integrou uma prova pontuável para o Campeonato Nacional Jovem, uma Prova Super-Sprint (Prova de Lazer e Campeonato Nacional de Juvenis) e ainda uma Prova Sprint (Campeonato Nacional de Cadetes, de Juniores e de Grupos de Idade), ocupando todo o dia de domingo. No escalão de Juvenis a vitória foi para Luísa Condeço (Águias de Alpiarça) que dividiu o pódio com a sua colega de equipa Maria Eduarda Vidigueira e com Ana Alcaçarenho (Núcleo Sportinguista da Golegã). No sector masculino vitória de João Pais, do Alhandra, seguido de Miguel Cassiano (Águias de Alpiarça) e João Ferreira Pereira (Manique de Cima). Os seniores Sérgio Silva, do Camarnal e Ana Filipa Santos, do Clube de Triatlo Fundão, foram os grandes vencedores do Duatlo de Ourém, prova que atribuía os títulos de campeão nacional por grupos de idade. Rita Maria Lopes e Ana Teresa Machado completaram o pódio no sector feminino, enquanto, João Amorim, do Alhandra e Luís Almeida, Garmin Olímpico de Oeiras, o faziam no sector masculino.Torres Novas no pódio colectivo do Campeonato Nacional JovemAntes, pela manhã, tinham decorrido as provas dos vários escalões do Campeonato Nacional Jovem, o qual viria a ser dominado, em termos colectivos, pelo Clube de Triatlo de Almada, seguido da Associação Naval Amorense e do Clube de Natação de Torres Novas. No escalão de benjamins a vitória coube à atleta individual Maria Gabriel, seguida de Cláudia Lopes e de Joana Tomé, do Amiciclo e do Manique de Cima, respectivamente. No sector masculino o pódio foi constituído por Diogo Valente (Clube Oriental de Lisboa), Moisés Santos (C. T. de Almada) e Francisco Santos (Individual). Em infantis, Lúcia Vera Cruz (C.T. de Almada), Margarida Lopes (Manique de Cima) e Ana Ferreira (Águias de Alpiarça) formaram o pódio, enquanto no sector masculino a vitória coube a Duarte Cardigo (Águias de Alpiarça), secundado por Fábio Sequeira e Pedro Louro, ambos da Naval Amorense. Finalmente, nos iniciados Alexandra Santos, Joana Ogura e Vera Vilaça, representando o Águias de Alpiarça, Garmin Olímpico de Oeiras e Belenenses, ocuparam os três primeiros lugares do pódio. No sector masculino, o mesmo foi conseguido por Vasco Vilaça (Belenenses), Rafael Moreira (Alhandra) e Tiago Fonseca (C.T. de Almada).

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...